A Paz definitiva está por detrás da Paz Económica!

A Paz definitiva está por detrás da Paz Económica!

A Paz definitiva está por detrás da Paz Económica! –

Esta afirmação é do líder do Partido PIMO Yaqub Sibindy que resolveu reflectir este domingo por ocasião da passagem de 28 anos do Acordo Geral de Paz assinado em 04 de Outubro pelo Governo da FRELIMO e a Resistência Nacional de Moçambique(RENAMO), depois de 16 anos de Guerra Civil.

Para o PIMO, os acordos subsequentes assinados entre as duas partes sendo o último feito em 2019(ano eleitoral) visam arrancar as armas da RENAMO para depois fazer-se um ajuste de contas. Para a Fonte não se pode perceber porquê a necessidade de se dialogar com um filho do país quando este na verdade deve obediência e respeito não só aos mais velhos mas sim aos seus irmãos.

Aliás Sibindy, revela que a falta de diálogo entre as forças políticas com assento na “casa do povo” e as sem assento, mina de maneira geral os princípios de igualdade e democracia a que se refere desde que terminou  a Guerra de 16 anos.

“Paz militar cheira desconfiança de arrancar armas a Renamo para ajuste de contas!”, afirma Sibindy.

Continuar a leitura..

115

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove
×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: