Um click para o muno das notícias! » Última Hora » Acidente de Dondo: Negligência do motorista na origem de acidente

Segundo as autoridades, o homem fez “uma ultrapassagem irregular, em local proibido”.

A polícia informou nesta Segunda-feira que a tragédia que resultou na morte de 24 pessoas na província de Sofala, no centro do país, foi causada pela imprudência do motorista do autocarro.

“O motorista do autocarro realizou uma ultrapassagem irregular em um local proibido, numa curva fechada, colidindo frontalmente com um veículo que vinha na direcção oposta. O impacto causou a morte de 23 pessoas”, explicou Cassimo Aly, do comando provincial da Beira da Polícia da República de Moçambique (PRM).

O acidente ocorreu em Mafambisse, distrito do Dondo, durante a tentativa de ultrapassagem, quando o autocarro colidiu com um caminhão que seguia no sentido contrário.

“Houve, sim, negligência por parte do motorista do autocarro”, reiterou Cassimo Aly, destacando que entre os 24 mortos, incluindo três crianças, 17 faleceram no local do acidente, enquanto os demais pereceram a caminho do Hospital Central da Beira.

As vítimas, todas passageiras do autocarro dos Transportes Públicos do Dondo (TPD), incluíam ainda 49 feridos, sete deles em estado grave, todos encaminhados ao Hospital Central da Beira.

Nos últimos cinco anos, Moçambique registou mais de 4.800 mortes em acidentes de trânsito, segundo dados divulgados em 22 de Maio pelo Governo, que continua a apelar à sociedade para ajudar a combater este flagelo.

“A situação da segurança rodoviária em Moçambique é alarmante. Nos últimos cinco anos, perdemos 4.812 vidas nas estradas, resultado de 5.459 acidentes de viação”, declarou Ambrósio Sitoe, secretário permanente do Ministério dos Transportes e Comunicações.

Jornal Visão Moçambique
Author: Jornal Visão Moçambique

Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.

Jornal Visão Moçambique. 2024 © Todos os direitos reservados.