Ainda há manifestantes dentro da Universidade Politécnica de Hong Kong

Ainda há manifestantes dentro da Universidade Politécnica de Hong Kong

Ainda há manifestantes dentro da Universidade Politécnica de Hong Kong – Passados 3 dias de cerco permanecem no campus universitário cerca de 100 manifestantes, em condições cada vez mais dramáticas. O Governo diz que já se renderam 600 pessoas e que foram detidas mais de mil. Pequim rejeita decisão de tribunal de Hong Kong.

Segundo o Público o cerco da polícia de Hong Kong à Universidade Politécnica já vai no seu terceiro dia e encontra-se esta terça-feira numa situação de impasse. Dentro do campus ainda resistem cerca de 100 estudantes e manifestantes antigovernamentais, que recusam render-se às autoridades, mas que se deparam com condições cada vez mais dramáticas – falta comida, medicamentos e agasalhos.

O Público cita a líder do governo de Hong Kong, Carrie Lam, que avança terem-se entregue à polícia cerca de 600 manifestantes, na sequência de negociações entabuladas por dois mediadores por si indicados, dos quais, 400 foram imediatamente detidos e podem enfrentar penas de prisão até dez anos, pelo delito de participação num motim – um dos principais motivos pelos quais os que ainda resistem rejeitam render-se.

686

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

One thought on “Ainda há manifestantes dentro da Universidade Politécnica de Hong Kong

Comments are closed.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: