ALGUÉM JÁ PENSOU QUE ATÉ A FRELIMO PODE TER GANHO EM ALGUMAS AUTARQUIAS NATURALMENTE E ALGUÉM SE PRECIPITOU AO ALTERAR OS RESULTADOS? » Opinião » Jornal Visão Moçambique

ALGUÉM JÁ PENSOU QUE ATÉ A FRELIMO PODE TER GANHO EM ALGUMAS AUTARQUIAS NATURALMENTE E ALGUÉM SE PRECIPITOU AO ALTERAR OS RESULTADOS?

Porquê a FRELIMO devia entregar as autarquias?

A Frelimo não é um partido de perdedores, mas o último escrutínio eleitoral mostrou que é possível derrubar um Elefante através de uma formiga. É que, se a carta na manga que o partidão confiava, eram os mal preparados fraudistas, esta já era do conhecimento da oposição desde as primeiras eleições presidenciais, que a pérola do índico conheceu na concepção do multi-partidarismo e a sua tão afamada “democracia”.

Se a FRELIMO conhecia, seu histórico, por que se deixou enganar por gananciosos e ambiciosos sem medida que acabaram dilacerando a expectativa do povo, naqueles que durante 48 anos foram conhecidos como libertadores? Que na FRELIMO há intrusos está mais que claro, conforme afirmou Machel Jr. A pergunta que não se cala é: “Porquê, a FRELIMO nega entregar as autarquias se sempre pautou por governar de forma limpa e democrática?”

Com os últimos acontecimentos, fica claro que o partidão não está preparado para assumir os filhos inteligentes que pariu por buscar a poligamia forçada e aceitá-la. Contrário de Abraão que teve Ismael com uma Concubina, a FRELIMO, em 1992, quis oficializar a poligamia e deixou claro que aguentaria com qualquer “merda”, que isso provocaria, e hoje estamos neste nível.

1)  Apesar disso, há ainda uma esperança de ver a FRELIMO, não desmoronar como está a parecer, ao negar entregar apenas uma capital e deixar o povo ver como será, afinal também uma boa governação da oposição, será de grande benefício aos “Camaradas”, que deverão manter as atenções noutros pontos nevrálgicos.

2)  Por quê, disse que a FRELIMO deve entregar as autarquias onde a oposição ganhou?:

·         Ao permanecer colada a ideia errada de que deve ficar com todas as autarquias, perde com o povo e perde confiança para 2024 cimentar uma vitória “esmagadora” contra a oposição, que está aumentar o seu poderio com esta arrogância;

·         Ao negar entregar essas 4 autarquias, mostra que não quer mais o apoio do povo e que mais cedo ou tarde muitos moçambicanos, vão à semelhança de outros países pedirem asilo no estrangeiro;

·         Ao negar entregar as 4 autarquias perde tempo de se preparar para a grande batalha de 2024 que é a que mais interessa para a cimentação do poder político e económico do seu grupo, que,   permanece na mira popular por conta das dívidas não declaradas;

·         Ora, se o povo se desgastar, o que já está visível nas manifestações, a esperança da FRELIMO governar Moçambique por mais 40 anos, pode estar menos de 12 meses;

·         A FRELIMO deve entregar as 4 autarquias e através das assembleias municipais fazer uma boa vigilância, aliás, é uma oportunidade de ela estudar as estratégias do inimigo que também a estudou até chegar ao ponto de convencer o povo a mudar;

·         Que não se esqueça a FRELIMO que a política é um jogo, e nem sempre marcar significa ganhar, e que nem sempre que a bola é tua, significa que equipa visitante deva perder.

A política deve permanecer um ensaio estratégico nos últimos 12 meses do presidente Nyusi que também está a ter seu mandato manchado enquanto estava a construí-lo muito bem, apesar das intempéries provocadas pela COVID-19.

O Presidente da República e da FRELIMO, tem mérito e já marcou muitos golos que podem ser esquecidos em tão-pouco tempo, por esta confusão eleitoral, provocada por um membro que se julga invencível e que tentou várias vezes fazer com que o Antecessor também entrasse no jogo ao que não lhe foi permitido.

A FRELIMO, não deve mostrar sua fraqueza à RENAMO deixando que aquela formação política e o povo tenham a certeza de que há nepotismo e que “talvez tenham sido manipulações que a fizeram se manter no poder”. O partidão precisa agir inteligentemente e deixar seus lambebotas de boca-aberta, pois estes são belicistas sem armas e que são a favor do vento. Apoiam qualquer ideia que vem do topo.

Os lambebotas, devem aprender de uma vez por todas qual é o seu lugar e daí, a FRELIMO verá, quem realmente é infiltrado. Verá quem realmente gosta de “querer antes que seja querido”.

Entregar 4 autarquias onde a oposição(RENAMO) ganhou vai até convencer muitos e até os membros de gema, que ainda há uma FRELIMO de 1962/64, aquela que com os ideais de Mondlane, Machel, Chissano, e demais, conseguiu trazer independência ao país.

A FRELIMO está num momento em que precisa punir aqueles que aceitaram se vender para a prejudicar, adulterando de forma errada e por lambibotismo resultados que não precisavam chegar ao extremo.

SE ESTA OPINIÃO TE FORÇOU OU TE LEVA A REFLECTIR SOBRE O FUTURO POLÍTICO DE MOÇAMBIQUE, COMPARTILHE COM OS DEMAIS.

APOIE A CAUSA JORNALÍSTICA FEITA SEM PATROCÍNIO.

TRANSFIRA APENAS 1 METICAL NA CONTA EMOLA — 87 131 1000 — Agostinho Muchave ou use o Paypal agustinhomuchave@gmail.com

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Activar notificações Sim Não, obrigado
Trimurti furniture pen. Smart home devices. Uncategorized – dobi ads.