APÓS O DESASTRE DO AQUA-PARK BANG ENTRETENIMENTO REFORÇA A SEGURANÇA E O PÚBLICO VIBRA COM ATUAÇÃO DE LIZA JAMES EM MAPUTO

APÓS O DESASTRE DO AQUA-PARK BANG ENTRETENIMENTO REFORÇA A SEGURANÇA E O PÚBLICO VIBRA COM ATUAÇÃO DE LIZA JAMES EM MAPUTO

APÓS O DESASTRE DO AQUA-PARK BANG ENTRETENIMENTO REFORÇA A SEGURANÇA E O PÚBLICO VIBRA COM ATUAÇÃO DE LIZA JAMES EM MAPUTODepois do desastre do show alusivo ao dia internacional da criança em junho do corrente ano que ocorreu no Aqua-Park, onde houve registro de vítimas mortais no final do evento provocado por aglomeração nos portões no momento da saída, não observando-se as questões de prioridade o portão veio a ceder para o pior acontecer.

A Bang Entretenimento foi obrigada a adiar o seu segundo evento que aconteceria no mesmo mês, marcando a nova data para o passado sábado (26) do corrente mês de Outubro, evento este que aconteceu no recinto do estádio nacional do Zimpeto. Entretanto, para garantir com que não acontecesse o mesmo do evento passado, a organizadora do evento redobrou os esforços para garantir a segurança no mínimo detalhe, e assim o fez, tornando o evento mais seguro, atrativo e badalado.

O evento aderido maioritariamente por jovens, adultos e crianças teve o seu início às 10 horas da manhã e o seu término estava agendado 21 horas. A segurança no local era garantida por um empresa privada e por agentes da polícia de Moçambique. No local estava disponível para os primeiros socorros  uma equipe compostas por socorristas da Cruz Vermelha de Moçambique e pelo corpo de salvação pública-SENSAP, e para questões de expansão do local, estava destacada uma equipe de 3 funcionários da Inspecção nacional das atividades econômicas-INAE.

Os bilhetes que já vinham sendo vendidos antecipadamente na promoção do evento continuaram a ser comercializados no local do mesmo até as 20 horas. De realçar que além dos novos ingressos que estavam disponíveis a um preço de 300 meticais, os antigos bilhetes adquiridos para o show adiado em junho eram aceites para o evento deste sábado. A organização decidiu validar os bilhetes para não reembolsar os valores de aquisição, tarefa esta que não seria fácil, mas os fãs concordaram com as motivações do adiamento e aguardaram pelo novo evento com seu bilhetes sem nenhuma preocupação, confiando na Bang.

ATUAÇÕES MAIS ESPERADAS PELO PÚBLICO

Naquele palco gigante desde as primeiras horas do início do evento com um sol escaldante, todos os artistas convidados eram esperados pelo público, mas no meio de 19 cantores alguns com ou sem seus bailarinos haviam alguns que eram mais esperados, e quando o mestre de cerimonia, Dj Relâmpago anunciava os nomes, fazendo uma pergunta do tipo, ″posso chamar o fulano″, era possível ouvir e entender pelos gritos quais eram os mais queridos e esperados para a atuação. A euforias eram bem exaltadas quando o Relâmpago gritava os nomes de Lizha James, Doppaz, Zico, Lourena Nhate, Dama do Bling, Válter artístico, Twenty Finger, do sul-africano Mlindo, dos angolanos Preto Show, Scró que cuia, Nerú americano.

Na ocasião a equipe do Jornal Visão entrevistou a Lourena Manjate de 43 anos de idade, que revelou-nos que saiu do Município de Boane usando o transporte semi-colectivo de passageiros onde fez ligações de dois autocarros para chegar ao estádio nacional do Zimpeto com seus dois filhos, apenas para realizar o sonho dos seus filhos de conhecer os seus cantores preferidos.

Sónia é a minha filha mais nova ela sempre quis ver a Liza James, Marlene, mas ela gosta da Liza mesmo e desde casa diz que quer ouvir Ni-Txati Mina, enquanto o seu mais velho gosta daquelas músicas de rapazes, ele diz que quer ver o Mlindo, Bander e Dygo, e eu a mãe venho acompanhar-lhes e também heide aproveitar ver o Zico, Válter e os outros, é por isso que estamos aqui, não foi fácil mas os meninos queriam desde aquele evento que depois adiaram, revelou a fonte. Lourena contou-nos que chegou cedo porque não sabia que iria atuar primeiro, então para não ver os filhos tristes por não ver seus favoritos chegou cedo e saiu no final do evento.

A ATUAÇÃO CELESTIAL DA LIZA JAMES E AS DECLARAÇÕES DE AMOR DOS FÃS

Quando quase todos os mais esperados para atuar já haviam passado, as luzes apagaram-se e no meio do palco era possível ver fumo através da brilhante luz das telas luminosas, onde passavam várias imagem, no centro tinha banda e um dos lados estavam perfilados jovens de vestimentas brancas posicionados nos micrófones, naquela escuridão de pouca luz, do lado da plateia estavam no ar vários telemóveis com as lanternas ligadas, um silêncio total na plateia, e das colunas de som saía uma voz suave narrando um texto, como se fosse um documentário.

Terminado o suspense, a artista mais esperada da noite saudou seus fãs a partir de um lugar onde nenhum fã poderia conseguir a ver, aquele silêncio de minutos atrás morria naquele instante, era como se a plateia tivesse guardado o folego para o momento oportuno, mesmo sem ver a Liza no palco os gritos eram fortes e longos. A diva entrava assim no palco como se de um anjo celestial se trata-se, com as luzes apagadas, fumaça no palco, entre tantas outras beldades. As primeiras palavras da cantora foram de agradecimento as seus fãs que incondicionalmente nunca deixaram de depositar confiança nele e mesmo depois do desastre do Aqua-Park continuaram firmes e fizeram-se presente ao evento, o que para a artista é um gesto de amor incondicional, e assim sendo, a sua melhor apresentação seria a recompensa.

Liza iniciou a sua atuação com músicas, acompanhada da sua grande banda e coristas, começou pelas canções que enaltecem os poderes da divindade, com toda aquela harmonia nos coristas oficiais e os por ocasião, entre outra os fãs, que ajudavam na evocação do santo nome do senhor, tornando o evento um encontro de filhos adoradores para o reconhecimento dos seus poderes divinais. Depois de quase 5 faixas musicas sobre os poderes angelicais, Liza mudou o seu vestuário, ficando de roupas mais confortáveis para mais movimentos corporais.

Assim iniciava o momento das músicas mais mexidas acompanhada de dança com seus bailarinos, a cantora cantou e encantou seus fãs, e quando pensavam que tudo chegou ao fim, a artista surpreendeu seus fãs ao convidar ao palco um novo talento, trata-se de um jovem que gravou a versão masculina da sua recente música Ni-txati Mina, música esta que está a fazer muito sucesso, a mesma retrata a história de uma mulher que convive com seu amado e passado muitos anos a mesma exige ao amado que a case. A cantora apresentou ao público este talento e juntos atuaram ao som desta faixa que é tanto tocada em todo tipo de eventos.

BANG HOMENAGEIA DOPPAZ, ATRIBUINDO-LHE O TÍTULO DE KING DE R&B 

É sabido por todos que todo o Rei leva consigo sua coroa na cabeça, mas o músico Doppaz foi homenageado pelo Bang, CEO da Bang entretenimento, segundo o CEO o músico Doppaz é o King do R&B no país. A homenagem aconteceu neste sábado quando o novo Rei terminava a sua atuação no evento, foi quando Bang fez-se ao palco para fazer uma homenagem a este artista. ″ O Doppaz é o King de R&B em Moçambique, é meu amigo, estamos há quinze anos juntos e ele está aqui, Doppaz tu mereces, parabéns, eu não trouxe coroa para si mas tu és o king″, disse Bang ao Doppaz. Entretanto, os nossos entrevistados dizem que a homenagem é merecida e que era chegado o momento de alguém reconhecer o talento do cantor Doppaz.″Existentes tantos King por aí mas o Doppaz é o verdadeiro no R&B e o Bang demorou reconhecer isso, mas o importante é que hoje ele mostrou que reconhece o talento, e espero que daqui em diante o homenageado siga em frente, grave mais músicas e trabalhe mais para fazer valer o titulo de King, queremos dele mais trabalho, sempre falando de amor, nessa matéria ele é especial, desejo-lhe muito sucesso na vida″, afirmou um fã momento depois do reconhecimento. 

De referenciar que além da atuação dos músicos, o humorista Mito Munguambe foi um dos artistas que animou a plateia, fazendo todo mundo rir com as suas cômicas piadas. Enquanto Mito deixou todos em gargalhadas, o jovem músico Válter Artístico na sua atuação, deu uma pausa para um momento de educação civil aos participantes.

Válter usou a sua música intitulada ″Nhama-Nhama″, título este que está na sua língua materna, que numa tradução directa significa sexo sem preservativo, para aconselhar a juventude a usar o preservativo no momento sexual. ″Vocês não devem gostar de fazer com Nhama-nhama, usem sempre preservativo porque Nhama-nhama trás problemas, eu sou um sempre próprio disso e vocês sabem muito bem″, explanou o artista, recordando ao público o facto por ele ter vivido como consequência de não uso do preservativo, após tornar-se pública a informação nas redes sociais de um suposto filho que o artista não aceitava a paternidade.

Por: Nádio Taimo

2.817
×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: