Arranca segunda fase de vacinação contra covid-19 para os jovens e adolescentes

O anúncio foi feito na manhã deste Sábado em Maputo, numa conferência de imprensa feita após uma marcha liderada pela Plataforma Inter-Religiosa de Comunicação para Saúde(PIRCOM), com o principal objectivo de sensibilizar os munícipes da capital do país para aderirem a segunda fase da campanha de vacinação contra a covid-19 para os jovens e adolescentes de 12 a 17 anos.

Com previsão para o arranque na Segunda-feira, 14, a vacinação contra covid-19, abrange neste momento uma população chave dos 12 os 17 anos, bem como aqueles que não puderam vacinar noutras ocasiões anteriormente anunciadas pelas entidades da saúde do país.
O Reverendo Dinis Matsolo Director Executivo da PIRCOM, revelou que a actividade faz parte das demandas da Igreja, uma vez que é uma plataforma que congrega todas as religiões do país.

“Nós somos uma Plataforma Religiosa de Comunicação para a Saúde, significa que trabalhamos para tentar mudar o comportamento das pessoas e de atitudes para abraçarem comportamentos positivos e dignos, este caso olhamos para a covid-19 e dissemos ser importante com que as pessoas assumam certos comportamentos para não serem contaminados e que aceitem a vacinação”, esclareceu o Reverendo.

Arranca segunda fase de vacinação contra covid-19 para os jovens e adolescentes
REVERENDO DINIS MATSOLO durante o lançamento da segunda fase da campanha de vacinação contra covid-19 para adolescentes dos 12 – 17 anos, falando após a marcha na cidade de Maputo

Matsolo, destacou ainda que esta é mais uma das vastas actividades que a organização que dirige, vem realizando para sensibilizar a população.
“Estamos a dizer que os jovens são o nosso orgulho, pois a nossa nação cuida muito bem das crianças, facto este que sensibilizamos as famílias para continuarem a aderir nesta questão de vacinação, estas sensibilizações irão abranger quase todo o país com o intuito de promover mais a vacinação contra a covid-19”, frisou a fonte.

Por seu turno, PRAFULTA JAIAMTILAL da Comunidade Hindu olha a iniciativa como mais-valia para os jovens e adolescentes, uma vez, diz ele, esta doença causa situações graves, “eu acho que este envolvimento das entidades religiosas neste processo de sensibilização, sobretudo os jovens e adolescentes, vai ajudar para que esta camada uma vez que é a prioritária no momento, vá apanhar a segunda dose da vacina porque sabemos muito bem que esta doença pode e já causou várias situações graves e internamento das pessoas, e, olhamos a vacinação como a salvação certa”, apontou JIAMTILAL.

SULEIMAN FONSECA em representação à Comunidade Islâmica destacou que a Comunidade Islâmica olha a questão da saúde como prioridade principalmente para os jovens “Nós olhamos esta marcha como uma grande valia e desta que encorajamos os pais e cuidadores para abraçarem esta causa. É verdade que a covid-19 ainda não acabou, então jovens venham e adiram à vacina”. Apelou
De realçar que jovens entrevistados pela nossa reportagem como a Ermelinda Xavier reforça o apelo para adesão dos jovens para faça a escolha certa que é tomar a segunda doe da vacina contra a covid-19.

266
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.