“AS MÃES DEVEM OBRIGATORIAMENTE AMAMENTAR SEUS FILHOS ATÉ PELO MENOS OS PRIMEIROS SEIS MESES”

"AS MÃES DEVEM OBRIGATORIAMENTE AMAMENTAR SEUS FILHOS ATÉ PELO MENOS OS PRIMEIROS SEIS MESES"

“AS MÃES DEVEM OBRIGATORIAMENTE AMAMENTAR SEUS FILHOS ATÉ PELO MENOS OS PRIMEIROS SEIS MESES”

O GOVERNO EXORTA AS MÃES PARA PRÁTICA DO ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO E CONTINUADO COM VISTA A EVITAR A DESNUTRIÇÃO E A MORTALIDADE INFANTIL.

A exortação foi feita esta terça-feira pela Secretária de Estado da Cidade de Maputo, SHEILA SANTANA AFONSO, no Lançamento da semana Mundial do Aleitamento Materno.

“O governo tem implementado várias actividades para a promoção do aleitamento exclusivo até aos (6) seis meses nomeadamente, apoio às mães para o início da amamentação nas primeiras horas após o parto em todas às maternidades do país, apoio às mães para a manutenção da lactação por questões de saúde caso venham a ser separadas dos filhos, prática do alojamento conjunto, permitindo que as mães dos recém-nascidos permaneçam 24 horas com seus bebés.

Também incentivamos o aleitamento materno, promovemos a formação de Grupos de apoio a amamentação, palestras Sobre o benefício do aleitamento materno exclusivo durante as consultas pré-natal e pós Parto.

A semana Mundial do aleitamento Materno que se assinala de (1 a 7 de Agosto), este ano se comemora sob o lema: APOIAR A AMAMENTAÇÃO PARA UM PLANETA MAIS SAUDÁVEL. O lema escolhido, visa sensibilizar sobre as vantagens e a importância da amamentação a base de leite do peito nos primeiros 6 (seis meses) de vida.

"AS MÃES DEVEM OBRIGATORIAMENTE AMAMENTAR SEUS FILHOS ATÉ PELO MENOS OS PRIMEIROS SEIS MESES"
Sheila Afonso – durante a entrega de apoio as mães.

“Apoiar á amamentação para um planeta mais saudável, este lema se debruça sobre o impacto da alimentação infantil, no meio ambiente, nas mudanças climáticas e na necessidade urgente de Proteger, promover e apoiar o aleitamento materno para a saúde do planeta e da população”, esclarece a SECRETÁRIA DE ESTADO SHEILA SANTANA AFONSO.

Por outro lado, a primeira Dama Isaura Nyusi também lançou apelos sobre o aleitamento materno exclusivo.

“A presença da Pandemia da COVID-19 não deve condicionar o aleitamento materno”, este é o apelo da esposa do Presidente da República, Isaura Nyusi, por ocasião da Semana Mundial da Amamentação, que é celebrada num momento em que o mundo continua a envidar esforços para controlar e erradicar a Pandemia da COVID-19.

Na sua mensagem, Isaura Nyusi apela ainda aos pais que “apoiem as mães nesse processo de amamentação e que todos perpetuem o ciclo eficaz de informar, ancorar, engajar e galvanizar acções sobre amamentação e assuntos relacionados, para assim garantirmos a saúde e segurança das gerações vindouras do planeta”.

Entretanto algumas mães entrevistadas pela nossa equipa de reportagem disseram que vão continuar a observar o aleitamento materno como o alimento exclusivo das crianças.

SARA JACOB conta na primeira pessoa que quando deu parto a enfermeira que atendia, costumava falar que não devia dar água ao bebé ou papas porque ainda não atingiu 6 meses, que só quando chegar seis meses podia dar água e a papas.

"AS MÃES DEVEM OBRIGATORIAMENTE AMAMENTAR SEUS FILHOS ATÉ PELO MENOS OS PRIMEIROS SEIS MESES"Outra mãe que não ficou para trás é Rosita Muianga. Rosita, explica que entende da importância de amamentar a criança com leite materno e acrescenta, “devo amamentar, mas também não devo ficar com fome e para a criança não chorar às vezes, não ficar Doente tenho que amamentar até seis meses, frisou Rosita.

Na Cidade de Maputo, 75% das crianças menores de 6 meses foram atendidas em consultas no Primeiro Semestre de 2020 e que também beneficiaram do aleitamento materno exclusivo.

209

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: