BAD e governo lançam projecto para aumentar autossuficiência alimentar e nutricional no sul do país » Género » Jornal Visão Moçambique

BAD e governo lançam projecto para aumentar autossuficiência alimentar e nutricional no sul do país

How could a changing climate impact food security?

How could a changing climate impact food security? by NASA Goddard Photo and Video is licensed under CC-BY 2.0

No dia 13 de Junho de 2023, em Fort-Dauphin, no Sul de Madagáscar, o governo malgaxe e a representação nacional do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento, lançaram oficialmente a primeira fase do projecto do Pólo Integrado de Crescimento Agrícola e Agroindustrial do Sul de Madagáscar.

A cerimónia teve lugar à margem das Jornadas Regionais Internacionais, organizadas este ano na região de Anosy para mostrar o potencial regional e promover a parceria para o desenvolvimento regional.

Com um custo total de 19 milhões de dólares, o projecto visa criar as condições para melhorar as condições de vida da população e reforçar a resiliência, bem como preparar uma segunda fase. O objectivo é atrair investimentos públicos e privados em sectores de valor acrescentado, através da transformação de produtos agrícolas, do fornecimento de factores de produção e da prestação de serviços agrícolas.

“O objectivo final da implementação deste projecto será contribuir para a autossuficiência alimentar e nutricional e para a resiliência da população do Sul de Madagáscar, particularmente nas regiões de Anosy e Androy, face aos choques climáticos”, afirmou o Ministro da Agricultura e Pecuária, Harifidy Ramilison.

Nesta primeira fase, serão irrigados seis perímetros, com mais de 1.000 hectares, e serão desenvolvidos outros 160 hectares no âmbito do programa “Títulos Verdes” (destinado a conceder títulos de propriedade aos agricultores), para além da construção de três furos de grande volume e polivalentes e da reabilitação de caminhos para abrir zonas de produção. Está igualmente prevista a continuação dos estudos sobre a mobilização dos recursos hídricos para desenvolver a rica planície agrícola de Ambovombe.

“As atividades do projeto contribuirão para o aumento da produção agrícola e facilitarão o escoamento das colheitas para transformação nos parques agro-industriais que serão criados na segunda fase do programa”, declarou Adam Amoumoun, o representante do Banco no país.

“A produção transformada poderá ser facilmente transportada para o porto de Ehoala para exportação. Poderá também ser transportada para os mercados internos do país através das estradas que serão construídas em breve, em particular a estrada nacional RNT12A, actualmente a ser reabilitada com o apoio do Banco Africano de Desenvolvimento, da União Europeia e de outros parceiros financeiros no âmbito do Projecto de Desenvolvimento de Corredores e Facilitação do Comércio. 

Antes da cerimónia de lançamento, mais de 40 pessoas, incluindo as equipas de gestão dos projectos e outras partes interessadas, receberam formação durante três dias sobre os procedimentos de gestão dos projectos financiados ou co-financiados pelo Grupo Banco Africano de Desenvolvimento.

Jornal Visão Moçambique
Author: Jornal Visão Moçambique

Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Activar notificações Sim Não, obrigado
Share "royal shepherd food processing solutions". Our comprehensive guide compares philips hue, lifx, wyze bulb color, and sengled element. Blog – dobi ads.