Biografia de Lizha James

Elisa Lisete James Humbane, popularmente conhecida como Lizha James, é uma cantora moçambicana, nascida em Maputo, aos 12 de Dezembro de 1982.
Como cantora, interpreta estilos musicais que contemplam uma miscelânea de ritmos afro, hip-hop e a Marrabenta, este último da terra que a viu nascer, Moçambique.
Lizha imergiu na música com os estilos criativos ainda em reconhecimento como Dzukuta e Pandza. Foi por dois anos consecutivos indicada como uma das artistas mais bonitas de Moçambique.

Elisa, filha de pais religiosos, nasce enquanto os seus progenitores professavam a Igreja Metodista Unida, donde descobriu-se seu talento aos catorze anos.

Segundo o pai dela, Filha de Jaime James Humbane, Elisa, é o nome da tia dela que costumava cantar tão bem.
De acordo com sua mãe, Lizha nunca foi uma menina problemática, sempre foi preocupada com os estudos a igreja.
No entanto, aos 14 anos o seu gosto musical mudou completamente, quando Elisa incorporou o grupo Electro Base ao estilo de house music. Mesmo depois desta mudança de estilo, sua carreira só ganhou notoriedade e sentido quando decidiu cantar a solo, lançando seu primeiro álbum em 2000 denominado “Watching You”.
Dois anos mais tarde, ela começou a trabalhar como modelo de impressão para empresas como Coca-Cola, Sabco; Mcel; Torta Rei, entre outras.

Rainha do Ragga
Em 2005, Lizha lança seu segundo álbum, que se tornou sucesso levando o nome de – Rainha do Ragga – que inclui sucessos como “4 all ya”, onde participa o rapper Mr. Arsen. Em 2006, com o clipe do vídeo para esta canção, Lizha é premiada com o Melhor Vídeo Feminino no “Channell O” Music Video Awards. Ela foi indicada em seis categorias.

Sentimentos de Mulher
Este é o terceiro álbum lançado por Lizha James e onde se mostra a maturidade da cantora, misturando estilos como Marrabenta e Ragga.
Os singles mais populares do álbum incluem canções como “Lutas Entre Famílias” e “Aniguiri” que apresentam uma mistura brilhante de diferentes géneros musicais, portanto, se tornariam estes os mais populares em Moçambique, pois, espelhavam a realidade moçambicana.
Em 2007, ela é novamente premiada com o “Channel O” Music Video Awards de Melhor Vídeo na categoria R&B, e Afro Music Channel Grammy de melhor música com a canção “Nuna wa Mina” (“Meu marido”).
Em 2008 ela é novamente premiada com o “Prémio Channel O” Music Vídeo Awards para Melhor vídeo feminino, para a canção “Nita Mukuma Kwini” (“onde encontrarei?”).

Durante este período, Lizha fez diversas parcerias com cantores Sul Africanos tais como Mandoza, Loyiso e Kabelo. Em 2009, ela foi premiada com o Melhor Artista da África Austral pela música “Estilo xakhale”(estilo antigo). A canção foi uma colaboração com os artistas Sul-Africanos Loyiso e Kabelo.

Em 2010, ela gravou uma música com a cantora brasileira, Alcione, “És Meu” para a parte II do seu álbum de Sentimentos de Mulher. Para o mesmo álbum, ela registou sua versão para a aclamada música moçambicana “Totte”, remixagem dos sons de jazz com Jimmy Dludlu.

Bang Entretenimento é uma empresa de entretenimento e etiqueta fundada por seu namorado Bang, que promovia músicas moçambicanas e ajudou a organizar eventos em Moçambique. O rótulo usado por muitos dos mais famosos artistas moçambicanos como, Valdemiro José, Dama do Bling, Ziqo, Denny OG e Marlen.
A Bang Entretenimento produziu sucessos com a Lizha como “Amigo é quem ajuda” e “Sekelekane”.
Casamento e acontecimentos actuais
Foi em 2010, que Lizha James ficou noiva e se casou com seu namorado de longo prazo e promotor musical — Bang. Seu casamento contou com a presença de famosos artistas africanos, como Anselmo Ralph, Gilberto Mendes, entre outros. Seu vestido de noiva foi desenhado pelo estilista moçambicano Taibo.
Após o matrimónio, Lizha deu à luz uma menina. Durante o tempo de gravidez Lizha acompanhou suas aparições, porém ela continua activa no mundo da música.

Em 2011, Lizha lança “Nandi We”, uma canção que fala sobre a violência doméstica, e no mesmo ano, “Stop Trafico”, financiada pela Embaixada dos EUA em Moçambique, falando sobre o tráfico de crianças e dá a consciencialização das pessoas sobre este problema real em Moçambique, bem como em todo o mundo.

Algumas pessoas, porém, acharam o vídeo muito pesado.

Na sequência, Lizha lançou seu novo single “Gotta Move On”, uma canção que é uma mistura de Pandža, Kwaito, House e Dancehall.

De acordo com Lizha, “a música fala sobre uma pessoa que não é certa onde eles estão, mas sente que eles têm de seguir, independentemente. A batida toma conta da pessoa e quanto mais dança, mais a sua autoestima cresce que é.. porque não colocar um personagem no vídeo como não há história, apenas sentimentos”.

Prémios e indicações

O ano de 2006 marca o início da saga de James: quatro anos consecutivos nomeados e premiados ao nível do continente, tornando-se numa das cantoras mais importantes de África.

Logo no primeiro ano (2006) em que participou nos Grammy Awards do Canal O (África do Sul), James foi nomeada para quatro categorias, acabando por vencer na categoria de Artista Revelação.

Em 2007, James torna a participar nos Grammy Awards do Channel O, conquistando o prémio para o Melhor Vídeo R&B, com “Nuna wa Mina”. Com o mesmo tema vence ainda na categoria Melhor Vídeo do Ano, desta feita nos Grammy do Afro Music Channel.

Em 2008, volta a vencer na categoria de Melhor Vídeo Feminino, nos Grammy do Canal O, com “Ni Ta Mu Kuma Kwini”. Em Moçambique, recebe o Diploma dos Campeões do Município de Maputo.

Em 2009, vence o Grammy do Channel O — mais um título, desta feito, o de Melhor Artista da África Austral, uma categoria para a qual concorreu com o vídeo da música “Xitilo xa Khale”

 

FALECIMENTO DO MARIDO BANG

Adelson Mourinho, o empresário moçambicano e marido da cantora Lizha James, popularmente conhecido por Bang, morreu vítima de doença, no dia 11 de Janeiro de 2021, aos 41 anos. Bang vinha sofrendo de complicações no estômago e se encontrava internado na vizinha África do Sul, não tendo resistido e perecido na terra do Rand. 

Mensagens de colegas da área cultural, principalmente da Música, com lágrimas, pois perderam um irmão, amigo, pai, companheiro. Um dos membros da família Mourinho confirmou a triste notícia do falecimento de Bang, no início desta tarde de Segunda-feira(11.01.2021) em um programa televisivo.

De recordar que Bang estava hospitalizado desde Agosto de 2020, deixando assim viúva e uma filha.

 

BIOGRAFIA DE BANG

Aos 41 anos de idade, Bang deixa viúvas, sua esposa e filha menor de idade. Apaixonado pela música, Adelson Mourinho, fundou a empresa Bang Entretenimento como forma de continuar no seu mais apaixonante sonho de cantar que não conseguiu depois de tantas tentativas.

Nascido em Quelimane, capital da província da Zambézia, o malogrado destacou-se na promoção de espectáculos de cantores da década de 2000, entre os quais Lizha James, Valdemiro José, Ziqo e Dama do Bling, Doppaz e muitos outros.

Continua sendo o único empresário jovem moçambicano que conseguiu lapidar o talento de muitos jovens que hoje pode o chamar de “papá” e empresário deles, pois alguns, como Valdemiro José, entraram na música como tentantes. Recordar que Dama Do Bling, permaneceu na Bang ao lado de VJ, até ao ano em que decidiu ter uma relação amorosa séria que hoje continua.

Músicos e cantores da nova geração, conheceram a Indústria do entretenimento através do Bang. Bang não só se destacou como promotor de espectáculos, mas como um patrão da música moçambicana. Junto de sua Esposa Bang fortaleceu a indústria musical, fundando também a Lizha Só Festas, empresa cujo objectivo é oferecer música de qualidade e diversão a pequenada nacional.

 

Embora tenham existido bocas que comentaram ter o casal Bang roubado a ideia de Mr. Bow e a Pequenada, Lizha James, quase perdia todo seu património após o incidente que vitimou quase uma dezena de crianças no Estádio Nacional de Zimpeto, em mais uma festa dos pequenos acompanhados pelos pais. Foi um ano de muita tinta e dinheiro espalhado na busca de soluções e resolução do conflito com as famílias dos petizes que pereceram naquele evento.

O fundador da Bang Entretenimento e marido da popular cantora Lizha James estava internado num hospital de Joanesburgo, África do Sul, padecendo de um tumor no estômago.

Bang organizou também espectáculos de cantores angolanos em Maputo.

Um dos seus últimos investimentos foi a criação da televisão Strong Live, em Maputo.

Importa frisar que o casamento de Lizha James e Bang em 2010 foi considerado o The Best do ano.

295
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.