COLÉGIO GLOBAL LANÇA TORNEIO DE FUTSAL NA CIDADE DE MAPUTO

A Escola Secundária Josina Machel no centro da cidade de Maputo, foi palco na manhã deste Sábado, 5 de Novembro, do evento de lançamento da 1ª edição do campeonato de Futebol de Salão, iniciativa do Colégio Global e do Centro Infantil Lápis Mágico. Estes dois estabelecimentos de ensino privados, vincam que a iniciativa desportiva será coordenada pelo Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano.

Apesar desta ser a primeira edição do torneio, iniciativa dos dois centros estudantis infantis, avança um dos seleccionadores da modalidade que o objectivo é que todas as escolas do país façam parte do evento. Farukito, falando aos jornalistas, congratulou a iniciativa das duas instituições de ensino, frisando que “é sempre bom ter este tipo de eventos nas escolas nacionais”.

Foi lançado na manhã deste Sábado na escola secundária Josina Machel na cidade de Maputo o torneio de futebol de salão pelo colégio global em parceria o com colégio infantil lápis mágico e em coordenação com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano.

O seleccionador, vai mais além trazendo o seu sentimento de felicidade e, em simultâneo, de lamentação, pois, “Nós não temos bases de futsal ao nível nacional, tirando algumas equipas, mas é sempre bom este tipo de iniciativa. Porque através deste torneio os meninos podem ingressar às equipas de base e, se calhar, às equipas seniores e quiçá serem jogadores da selecção nacional”.

Para Farukito, é extremamente importante que se dê acompanhamento aos participantes do torneio para que atinjam níveis mais altos em termos de futebol de Salão e que a iniciativa, no seu entender, houvesse continuidade não só pelo Colégio Global, mas também ao nível de todas as escolas.

Questionado sobre o acompanhamento a ser dado ao nível deste torneio, Farukito disse que existe um escalão de sub-12 e sub-14 e no momento existem dois ou três clubes com este escalão. Aliás, o técnico do futebol de Salão, mostrou interesse em ver outros clubes de futsal nas categorias de base, “porque é a partir daí que se pode fazer um acompanhamento desses jogadores.”

Na mesma abordagem, Israr Mussagi organizador da Copa Global, disse que o torneio abrange todas as escolas públicas com o objectivo de tornar o evento uma referência para o desporto nacional.

“É nesta modalidade onde podemos cultivar os valores associados ao desporto, a temática de saber e ensinar aos jovens como trabalhar em equipa. Ficamos muito tempo, confinados, devido à pandemia e testemunhamos vários jovens a entregarem-se às drogas, mas também vimos que alguns estavam viciados nas redes sociais, então, nós como Copa Global queremos mostrar que o desporto pode unir jovens assim como as escolas”, terminou.

Refira-se que o torneio vai abranger um total de 100 atletas ao nível de diferentes escolas da cidade de Maputo.

296
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.