Continente africano tem mais de 1.5 milhão de infectados pela covid-19 e Moçambique no ranking de topo | Jornal Visão

Continente africano tem mais de 1.5 milhão de infectados pela covid-19 e Moçambique no ranking de topo

Continente africano tem mais de 1.5 milhão de infectados pela covid-19 e Moçambique no ranking de topo

A forma como os africanos em geral encaram a pandemia do coronavírus pode ser perigosa e Moçambique é um dos países que continua se comparando aos desde o princípio enveredaram pela protecção e prevenção de alto nível. Atendendo ao custo de vida que se acentua a cada dia, muitas famílias africanas encontram refúgio para a fome no comércio informal e é lá onde a aglomeração vigora, perigando suas vidas em busca de outras vidas.

Informações actualizadas este domingo apontam que África ultrapassou 1,5 milhão de infectados com covid-19 nas últimas 24 horas e registou mais 110 mortes, subindo o número de óbitos para 36.614.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas houve nos 55 Estados-membros da organização mais 8.794 casos da doença, elevando o número de infectados para 1.506.185, e 6.400 recuperados, para um total de 1.243.259.

Segundo o África CDC, a região Austral continua a registar o maior número de casos de infecção e de mortos, com mais 29 mortos nas últimas 24 horas, subindo para 18.209 vítimas mortais, e o número total de infectados é agora de 744.572.

Só na África do Sul, o país mais afectado do continente, estão registados 679.716 casos e 16.938 mortes.

O norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem 350.835 pessoas infectadas e 11.324 mortos e, na África Ocidental, o número de infecções é de 178.317, com 2.632 vítimas mortais.

A região da África Oriental contabiliza agora 174.385 casos e regista 3.366 vítimas mortais e na África Central estão registados 58.076 casos e 1.083 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.970 mortos e 103.575 infectados, e Marrocos contabiliza 2.293 mortos e 131.228 casos.

A Argélia surge logo a seguir, com 51.838 casos de infecção registados e 2.052 vítimas mortais.

Entre os seis países com mais afectados estão também a Etiópia, com 77.860 casos e 1.214 vítimas mortais, e a Nigéria, com 59.287 infectados e 1.113 mortos.

Em relação aos países africanos de língua oficial portuguesa, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

Angola regista 193 mortos e 5.370 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 5.045 casos, números iguais ao registo anterior), Moçambique (64 mortos e 9.049 casos), Cabo Verde (62 mortos e 6.296 casos), Guiné-Bissau (39 mortos e 2.362 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 911 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto, em 14 de Fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 34,3 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ajude-nos a crescer. Sua ajuda conta muito para nó
268

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Envie sua notícia ou informação pelo WhatsApp, é seguro e sigiloso. Pode confiar ou envie-nos um e-mail para redaccao@jornalvisaomoz.com

× REPÓRTER É VOCÊ. ESCREVA-NOS AGORA!
%d bloggers like this: