Dezassete sinistros causam 22 óbitos numa semana em Moçambique

Dezassete sinistros causam 22 óbitos numa semana em Moçambique

Dezassete sinistros causam 22 óbitos numa semana em Moçambique – Os níveis de mortes por acidentes de viação continuam a aumentar em Moçambique, mesmo em um período de Estado de Emergência no país devido ao surto do coronavírus. Entretanto, só na semana passada de 06 á 12 de junho do corrente ano, 22 pessoas perderam a vida vítimas de 17 sinistros rodoviários registrados no país, segunda informa o Comando Geral da Polícia.

[su_members message=”Este conteúdo é apenas para usuários registrados. Por favor faça %login%.” color=”#0084cf” login_url=”https://jornalvisaomoz.com/produto/seja-assinante-para-ter-acesso-a-todas-noticias/”]De acordo com a informação da PRM, os 17 acidentes contra 22 de igual período do ano passado, além de terem causado 22 mortes contra 18 de igual período, deixaram 09 cidadãos com ferimentos graves, contra 14 do mesmo período em análise, outros 07 contraíram ferimentos ligeiros contra 60, para além de danos materiais avultados. Destes sinistros registados, o destaque vai para 09 atropelamentos e 04 despistes e capotamento. Foram as causas o excesso de velocidade, a má travessia de peão, e condução sob efeito de álcool. Ainda na semana passada, foram fiscalizadas 55.797 viaturas, das quais 273 foram apreendidas por diversas irregularidades. A polícia retirou de cidadãos 273 cartas de condução e 144 livretes foram apreendidos. Ao todo, foram 4.533 cidadãos multados, sendo que outros 42 automobilistas foram detidos, dos quais 15 por condução ilegal e os restantes 27 por corrupção activa. Importa realçar que, neste período a polícia recuperou 81 viaturas roubadas, 187 motorizadas, 19 televisores, 11 computadores, 23 telemóveis. Foram também aprendidas 06 armas de fogo tipo pistola com 09 munições, uma AK-47, 08 embrulhos de cocaína, 29 de heroína e 1.05kg de canábis sativa. Quanto a operatividade policial no combate e propagação da Covid-19, a corporação aprendeu um total de 352 cidadãos na semana passada por desobediência e 39 viaturas. Apesar destes registros assustadores, o Comando Geral afirma que durante a semana de 06 a 12 de junho a situação operativa no país foi calma e controlada. Porém, a necessidade de destacar que neste período foram registrados em todo país 122 delitos comuns contra 124 do mesmo período em 2019, havendo uma redução em apenas dois casos. O desempenho policial situou-se em 87%, merecendo de esclarecimento de 106 casos dos 122 registrados. Destes delitos, os crimes contra pessoas e património foram os predominantes com 22 e 62 casos, respectivamente.[/su_members]

559

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: