DIREITOS NEGADOS À NASCENÇA PREJUDICAM O FUTURO DA MULHER

Negar o direito de uma vida sexual livre de escolhas e desejos a criança não é violar o direito humano dela mais tira sua dignidade

Negar o direito de uma vida sexual livre de escolhas e desejos a criança não é violar o direito humano dela mais tira sua dignidade

Durante anos a sociedade se nega a aceitar que as desigualdades de género são um peso para qualquer país, região, família ou mesmo etnia.

Já lá se vão milénios e a história não muda. Violamos os direitos das crianças(raparigas) de forma tão natural como se estivéssemos bebendo um sumo num copo limpo e bem preparado para tal.

A violação dos direitos humanos da mulher em todo mundo começa quando ela nem sabe se é mulher ou não.

A imagem que acompanha este pequeno texto trazido pelo Jornal Visão trás uma realidade crua que se não começar de si a mudança, acredite, na sua família e por várias gerações, terá crianças abusadas sexualmente.

DIREITOS NEGADOS À NASCENÇA PREJUDICAM O FUTURO DA MULHER

O estupro, o envolvimento da criança no mundo de drogas, a exploração sexual infantil, usar a mesma como moeda de trocas comerciais e para enriquecer outrem, são práticas que ganham terreno e os mentores são mais jovens do que se imagina em países pobres como Moçambique. A maioria da população que é pobre fica mais vulnerável a entregar seus filhos para adopção em pessoas aparentemente conhecidas que posteriormente vendem-as para outras famílias em troca de riquezas.

 

Em atualização – Direito Humano violado ainda na infância.

93

Perfil do Editor

Redacção
Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: