google.com, pub-7868974546359612, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-7868974546359612, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Dívidas Ocultas: Teófilo Nhangumele é conhecido como tradutor desde 1994

“Ele me impressionou na forma como traduzia, talvez porque era leiga na língua”

Administradora da EMATUM disse que a empresa operou contrariando as declarações de alguns réus e tinha cerca de 20 embarcações

No 43.º dia da Sessão de Discussão e Julgamento do caso das dívidas ocultas a declarante IVONE LICHUCHA disse ter conhecido Teófilo Nhangumele em 1994 quando este traduzia na língua inglesa de um jeito extraordinário e de lá só estranhou vê-lo envolvido no escândalo.

Ela afirmou ainda que não conhece Bruno Tandane Langa. Entretanto conhece o réu Teófilo Nhangumele desde 1994 numa dessas reuniões e a primeira vez que o viu era tradutor, tendo ela ficado impressionada.

Dali começava a conhecê-lo, mas ela afirma que enquanto esteve em funções na EMATUM SA, não teve o contacto com o réu Teófilo Nhangumele.

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *