“É preciso que os jovens apostem no autoemprego”- Defende Aristides Cossa

"É preciso que os jovens apostem no autoemprego"- Defende Aristides Cossa

Face a covid-19 a taxa de desemprego aumentou no país, o que levou muitos jovens ao desespero sem saber o que fazer, facto este que há um elevado número de jovens infectados pelo novo coronavírus, pois os mesmos não tem seguido às recomendações impostas pelo MISAU. Daí que a Organização da juventude Moçambicana (OJM) encontra-se preocupada com a camada juvenil.

Aristides Cossa, Secretário da OJM a nível do Distrito Ka-Tembe assegurou a nossa reportagem que a organização tem organizado várias actividades com o objectivo de sensibilizar os jovens.

“Face aos desafios atuais lutamos para sensibilizar os jovens do nosso Distrito para que se protegem do novo coronavírus. Nos últimos temos visto muitos jovens aprenderem certas oportunidades, entretanto nós como OJM temos o papel de incentivar os jovens para poder abraçar o auto emprego e o empreendedorismo. Até então temos tido jovens que fazem carpintaria, serralharia, outros abraçam a construção civil. Estes jovens são um exemplo para mostrar que a situação actual não impede ninguém de continuar a lutar por uma vida melhor”, lançou Cossa.

O secretário apontou ainda que a covid-19 atrasou alguns projectos que a Organização tinha para este ano.

“Por um lado acredito que a Covid-19 atrasou os nossos projectos, pois nós temos um plano anual de actividades e quando houve este surto as nossas atenções viraram para o acto das personificações e no acto da solidariedade. Isto é, temos doado máscaras caseiras e kits alimentares para jovens carenciados, mais também perante a covid-19 temos realizado nossas palestras cujo objectivo era unir os jovens para falar do papel da juventude no que concerne na luta pela paz e pelo desenvolvimento do nosso país”, explicou Aristides Cossa.

durante a entrevista o secretário disse que a OJM no seu  Distrito ambiciona ter mais jovens na organização de modo a continuar a lutar pela paz e o desenvolvimento do país.

De realçar que durante a entrevista o Secretário disse que a OJM no seu distrito ambiciona ter mais jovens na organização de modo a continuar a lutar pela paz e o desenvolvimento do país. A nível do distrito, Aristides Cossa explicou que os jovens da organização tem registado vários desafios.

“Tratando-se de uma faixa etária elevada, pelos jovens acredito que o emprego é o nosso principal desafio e outros jovens clamam por apenas uma oportunidade para mostrar do que são capazes, uma vez que temos alguns parceiros privados temos lutado de modo a encaixar alguns jovens”, disse Cossa.

 

 

282

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove
×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: