Empresa portuguesa exporta conhecimento de Economia Azul

Empresa portuguesa exporta conhecimento de Economia Azul

Empresa portuguesa exporta conhecimento de Economia Azul

Assente na experiência adquirida em acções presenciais da Formação Economia Azul, a nova Economia do Mar e no desenvolvimento de uma base de conhecimento azul, a academia Economia Azul lançou hoje(19.05) a opção de formação à distância em plataforma e-learning.

A academia Economia Azul ofereceu formação à distância em ambiente e-learning. O primeiro módulo é gratuito.

Segundo informações em nosso poder, no modelo em alusão, os alunos podem aceder à formação ao seu ritmo, quando e onde quiserem, sem barreiras geográficas ou fusos horários.
A formação e-learning oferece flexibilidade temporal, adaptando-se aos tempos livres, calendário e objectivos de cada aluno. Permite também o acesso a alunos em localizações remotas e onde não se realizam acções de formação presenciais.

Não existindo horários rígidos, os alunos têm oportunidade de estudar, reflectir e procurar informação adicional ao seu próprio ritmo, integrando a aprendizagem com outras fontes sugeridas na própria plataforma.

“Os conteúdos apresentados são dinâmicos, apelativos e fáceis de assimilar, incluindo textos, imagens, vídeos e questionários. Os alunos têm acesso ao manual de formação e a toda a documentação referenciada, recebendo certificado de participação”, lê no comunicado de Imprensa enviado a nossa redação.

A formação é modular estando já disponíveis duas unidades. A primeira é gratuita e sublinha a importância da Economia Azul na sociedade atual. Adicionalmente, caracteriza a organização da formação, apresentando uma aula modelo e identificando a documentação a que os alunos terão acesso.

O segundo módulo de formação foca-se na definição de economia azul; na sua diferenciação da economia do mar; na medição dos seus benefícios económicos, ambientais e sociais; no estabelecimento e análise de contas e indicadores do mar; e na comparação de dados de múltiplos países.

“Até ao final do ano, está previsto o lançamento de novos módulos de formação, em áreas que incluem o direito do mar, direito marítimo, política e estratégia, comunicação do oceano, ordenamento do espaço marítimo, alterações climáticas, poluição do oceano, economia azul na União Europeia e no mundo, ensino e literacia do oceano, entre outros”, aponta o documento.

A formação destina-se ao público em geral, profissionais e estudantes, com especial destaque para quadros intermédios e superiores, empresários, professores, gestores municipais, jornalistas, políticos, advogados, engenheiros, e outras áreas profissionais.

A Formação Economia Azul tem como objetivo principal, a partilha de conhecimentos sobre a economia azul e do mar, nas áreas do direito, da economia, da gestão e da comunicação, oferecendo uma visão 360º sobre os seus atores, oportunidades e desafios, utilizando uma linguagem acessível e motivadora.
A iniciativa Economia Azul é promovida e gerida pela empresa Sardinha & Ruivo, Lda – Consultores de Economia Azul e Economia do Mar.

473

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: