ESCOLA SUPERIOR DE JORNALISMO DELEGAÇÃO ACADÉMICA DE MANICA GRADUA 161 TÉCNICOS SUPERIORES

A Escola Superior de Jornalismo (ESJ) Delegação Académica de Manica, gradou esta segunda feira 161 técnicos superiores, em ciências  de comunicação e informação nas áreas de  Relações Publicas, Jornalismo, Biblioteconomia e Documentação, dos quais 76 são mulheres e 85 homens. 

Discursando no acto da cerimónia de graduação dos comunicadores, o Secretário de Estado em Manica, Edson da Graça Macuácua, indicou que o jornalismo desempenha um papel fundamental no contexto actual, da covid-19 e o terrorismo. Na ocasião Macuácua, desafiou os graduados aplicarem o conhecimento com a ética e para o interesse nacional, contribuindo para o fortalecimento do Estado de Direito democrático. “Esperamos que promovam no vosso activismo na prevenção e combate a covid-19, e no combate ao terrorismo” apelou o secretário de Estado.

Por seu torno o director geral Tomas Jane, da Escola Superior de Jornalismo, agradeceu o concelho autárquico de Chimoio que concedeu um espaço no bairro Tembwe, para a implantação das instalações da ESJ.

Os graduados, Sara Manhenge, Leavita Ananias e Agnaldo Bonga, manifestaram a sua satisfação com a concretização do grau académico de Licenciatura em Jornalismo, Relações Públicas, e Biblioteconomia, e Documentação, garantem que, vão exercer tudo o que aprenderam durante quatro anos de formação, segundo as suas palavras acreditam que, é possível criar  o auto emprego no mercado nacional.

A Escola Superior de Jornalismo, é um estabelecimento de ensino Superior criado pelo governo em 2008, através do decreto 27/2008 de 1 de Junho, com a sede na Capital do País e instalou-se na cidade de Chimoio, província de Manica, em 2013.

685
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.