Funcionário do INSS detido por desvio de 2 milhões de Meticais

Funcionário do INSS detido

Um funcionário do Instituto do Nacional de Segurança Social (INSS) delegação de Mocuba na Zambézia, está detido desde semana finda acusado de desvio de 2 milhões quatrocentos mil Meticais provenientes sessenta e sete trabalhadores, de cinco distritos, cuja contribuição para a segurança social não foi canalizada aos cofres do Estado desde 2017.

O facto foi confirmado quinta-feira (03 de Setembro) em conferência de imprensa pelo porta-voz da Procuradoria provincial da Zambézia, Domingos Julai, tendo dito que a acção remonta desde 2017, onde o referido funcionário tinha como vítimas agentes económicos, sobretudo dos distritos da Maganja da Costa, Pebane, Mocubela e Molevala, por sinal locais que ainda não tem delegações do INSS.

O indivíduo segundo a fonte, responde o processo nº 693/2020, acusado por três crimes, sendo peculato, abuso de confiança e abuso de cargo e o caso já foi remetido ao Tribunal Judicial Distrital de Mocuba, e há qualquer altura poderá ser julgado pelos seus actos.

Olhando pelo tipo de crime, que é de desvio de fundos provenientes dos contribuintes do INSS, de acordo ainda com aquele Magistrado do Ministério Público, o funcionário poderá ser condenado a uma pena que varia de 12 a 16 anos de prisão.

Aliás, a fonte não descarta a possibilidade de haver mais funcionários envolvidos neste caso, daí que decorrem mais investigações para neutralizar e responsabilizar os indivíduos que roubam o Estado.

276

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: