GOVERNO SUECO DISPONIBILIZA UM MILHÃO DE DÓLARES PARA ASSISTÊNCIA A FAMÍLIAS VULNERÁVEIS EM TREZE DISTRITOS DAS PROVÍNCIAS DE GAZA E INHAMBANE

GOVERNO SUECO DISPONIBILIZA UM MILHÃO DE DÓLARES PARA ASSISTÊNCIA A FAMÍLIAS VULNERÁVEIS EM TREZE DISTRITOS DAS PROVÍNCIAS DE GAZA E INHAMBANE

GOVERNO SUECO DISPONIBILIZA UM MILHÃO DE DÓLARES PARA ASSISTÊNCIA A FAMÍLIAS VULNERÁVEIS EM TREZE DISTRITOS DAS PROVÍNCIAS DE GAZA E INHAMBANE

Trata se de uma ajuda inserida nos planos de adaptação climática e resiliência as mudanças climáticas a nível distrital. Para o efeito, foi assinado semana finda em Maputo, um acordo entre o Ministério das Finanças e o Governo da Suécia.

O Financiamento resulta dos esforços do Governo na busca de parcerias para o financiamento dos planos locais de adaptação e de resiliência às mudanças climáticas com o apoio do programa das Nações Unidas para o Investimento do Capital.

Durante a assinatura do acordo, Carla Oliveira em representação do Governo de Moçambique, disse que a ajuda beneficia aos distritos das províncias de Gaza e Inhambane.

“Agradeço o gesto do Governo e do povo do Reino da Suécia, que mesmo sofrendo os efeitos Global da pandemia à semelhança de Moçambique, dignou se portanto em conceder este donativo de um milhão de dólares, cerca de 70 milhões de meticais o que mostra a solidariedade que deve existir entre os povos e o Governo” disse Carla Oliveira.

A Suécia reconhece que o fortalecimento das capacidades locais vai contribuir para a melhoria do meio ambiente. A encarregada de negócios da Suécia Suzana Pexy disse que é preciso treinar capacidades locais para lidarem com a pandemia da covid-19, através da descentralização coordenada dos fundos para melhorar as condições de vida nas comunidades.

“Estamos satisfeitos em saber que as comunidades locais dos 13 distritos mais vulneráveis das Províncias de Gaza e Inhambane abrangidos pelo programa estão a beneficiar deste apoio e a participar plenamente no processo planificação e definição das suas prioridades como também estão envolvidas na implementação e monitoria das actividades resilientes definidas, para uma eficaz operacionalização e do plano de resposta e prevenção a pandemia da Covid-19. A Suécia entende que os Governos e comunidades locais devem estar na linha da frente”, REFERIU SUZANA PEXY, Encarregada de Negócios da Suécia.

135

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: