Greve de táxis em Cape Town: Duas pessoas mortas e várias estradas bloqueadas » Visão Notícias » Jornal Visão Moçambique

Greve de táxis em Cape Town: Duas pessoas mortas e várias estradas bloqueadas

Duas pessoas foram baleadas em incidentes separados durante a greve de táxis em Cape Town na manhã desta(7) segunda-feira.

A porta-voz da polícia, Brigadeira Novela Potelwa, disse que a primeira morte ocorreu quando um automobilista disparou tiros contra “agressores” que aparentemente estavam a atirar pedras noutros veículos.

“Um indivíduo foi morto a tiros e outras três pessoas ficaram feridas depois que um automobilista foi atingido por pedras na Airport Approach Road. O condutor reagiu ao ataque disparando vários tiros”, disse ela.

Potelwa disse que a polícia estava a investigar um homicídio e uma tentativa de homicídio. Uma segunda pessoa foi morta na Borcherds Quarry Road, perto da estrada N2.

O porta-voz da polícia, Oficial de Garantia Joseph Swartbooi, disse que os agentes encontraram o corpo do homem de 28 anos. Ele foi baleado várias vezes.

“O indivíduo foi declarado morto no local pela equipa médica. Os suspeitos desconhecidos fugiram do local e ainda não foram presos”, disse Swartbooi.

“O motivo para este ataque acredita-se estar relacionado com táxis.”

O News24 tem relatos não confirmados de que o veículo da vítima foi incendiado após os tiros.

Enquanto isso, quatro autocarros foram incendiados durante a acção de protesto, várias estradas foram bloqueadas e os passageiros enfrentaram longos atrasos ao tentar chegar aos seus destinos.

De acordo com Potelwa, vários agentes da corporação foram destacados para pontos críticos ao redor da cidade.

“Forças adicionais, incluindo apoio aéreo, estão a caminho de vários locais onde há interrupções no tráfego e outros incidentes relatados”, disse Potelwa.

No sábado à noite, um depósito da City em Delft foi bombardeado com gasolina e pelo menos sete veículos pertencentes a diferentes departamentos, incluindo da polícia, foram danificados ou completamente destruídos.

O primeiro-ministro do Cabo Ocidental, Alan Winde, disse num comunicado que estava “seriamente preocupado com o impacto devastador” da greve dos táxis.

FONTE: NEWS24

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Activar notificações Sim Não, obrigado
Pen proprietor : suresh thakkar new ambika trading co. Blog – dobi ads.