Huawei lança White Paper sobre inovação e Propriedade Intelectual

A Huawei tornou público recentemente um novo White Paper, com  foco na inovação e propriedade intelectual no seu Fórum de Inovação e Perspectivas de IP para 2021.  O White Paper se concentra como a Huawei tem sido líder em inovação e gerenciamento de Propriedade Intelectual (IP) desde os anos 90.

Um comunicado oficial da Empresa enviado a redacção do Jornal Visão, aponta que esta inovação contínua da marca a torna numa das mais influentes usinas de tecnologia do mundo.

“Os consumidores africanos se beneficiaram particularmente com isso, já que a Huawei trouxe inúmeras tecnologias impressionantes para áreas anteriormente carentes do continente. Eles variam de tecnologias de rede móvel que são acessíveis e confiáveis para smartphones que oferecem um valor incrível por seu preço. Queremos mostrar a história da nossa inovação nos últimos 30 anos e nosso compromisso de longo prazo em respeitar, proteger e contribuir para o IP”, disse Song Liuping, Director Jurídico da Huawei.

A Huawei é um dos maiores detentores de patentes do mundo e, no final de 2020, detinha mais de 100, 00 patentes activas em mais de 40.000 famílias de patentes em todo o mundo. Além disso, a empresa liderou a lista de requerentes de patentes da Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO) em 2008. Desde então, ela terminou em primeiro nesta lista em todos os anos, excepto um.

Esta liderança é fundamental para a empresa dominar repetidamente o mercado no desenvolvimento de tecnologias importantes e o exemplo mais notável disso é a tecnologia 5G.

A inovação da Huawei tem sido a chave para várias redes móveis africanas que desenvolvem redes de alta qualidade que oferecem enormes benefícios para as empresas, agora e no futuro.

“A inovação está no centro dos negócios da Huawei desde que a empresa foi fundada”, explicou o chefe de Direitos de Propriedade Intelectual da Huawei, Jason Ding.

“Nosso White Paper lista o número de pedidos de patentes que a Huawei registou, ou nossas actividades de P&D e inovação, no final dos anos 90 e no início dos anos 2000.”

A empresa também anunciou que, para SMARTPHONES 5G multimodo, fornecerá uma taxa de realeza percentual razoável do preço de venda do aparelho e um limite de royalties por unidade de US $ 2,50.

Segundo o documento da empresa, Isso impulsionará a adopção de 5G, tornando a estrutura de custos para implementadores de 5G, transparente e acessível. Esta estrutura de taxas de licença segura e acessível contribui muito para garantir que os SMARTPHONES 5G sejam acessíveis aos consumidores africanos.

Neste momento decorre o processo de apoio da Huawei aos países africanos na adopção de tecnologias futuras que impulsionem o crescimento económico, melhor educação e melhor qualidade de vida.

 58 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.