Instituições de Ensino, voltam às aulas mesmo com estado de emergência | Jornal Visão

Instituições de Ensino, voltam às aulas mesmo com estado de emergência

Instituições de Ensino, voltam às aulas mesmo com estado de emergência

Instituições de Ensino, voltam às aulas mesmo com estado de emergência

Moçambique, assim como o mundo inteiro, está a passar por uma fase difícil por conta do novo coronavírus, que já causou mais de 30 mil mortes em vários países.

O Presidente do Estado Felipe Nyusi, decidiu implementar restrições e num dos pontos está o encerramento das escolas desde o ensino primário até Universitário público e privado num período de 30 dias, tendo tido início no dia 23 de Março.

As escolas na cidade de Maputo, buscaram vias alternativas para continuar com as matérias escolares, como é o caso da Escola Secundária Josina Machel que lecciona de 8ª classe à 12ª classe. A escola para continuar com as matérias escolares, criou uma plataforma denominada “Josina Machel Pró Dados”, que estará disponível para os alunos a partir do dia dois de Abril, em que os professores vão depositar as matérias que a escola devia leccionar até o final do primeiro semestre.

O Director da Escola, Orlando Dimas, sumarizou que, ”A Escola Josina Machel, está a trabalhar usando uma via alternativa, essa via consiste em a escola abrir uma plataforma para que os estudantes da escola acessem no site usando os seus dados, onde vão encontrar matérias inseridas pelos professores”, explanou Dimas.

Questionado sobre a possibilidade da Direcção saber quem tem feito os trabalhos colocados na plataforma, o Director disse que não era possível, a plataforma só tem possibilidade de dar a conhecer quem tem acessado nela, e acrescentou que, para se garantir a participação dos alunos, a Escola disponibilizou uma plataforma também para os Pais-turma, onde vez cada pai turma, tem a sua turma para monitorar e fazer o controle da participação dos alunos.

A Escola também lecciona estudantes com necessidades educativas especiais, chamados de surdo-mudo. O Director disse que os surdos-mudos também estão a ter acesso a continuação das matérias, que são diferentes com as matérias dos outros estudantes.

“Nós temos estudantes com necessidades educativas especiais os surdos-mudos, consequentemente a dificuldade é o tempo de aprendizagem, estando em casa eles têm todo tempo de aprender de modo que não chega a ser um problema usando esta plataforma. Os exercícios deles são diferenciados com as dos outros estudantes. Os seus encarregados de educação estão encarregue de dar uma assistência a eles de modo que os mesmos consigam perceber as matérias inseridas na sua plataforma”, Concluiu o Director da escola.

De igual modo, Tales Tamele, Director da Escola Comunitária 7 de Julho, também disse que a sua instituição adoptou um sistema electrónico em que os alunos estão a ter a continuação das suas aulas.

”A nossa escola, nesse período de interregno criou uma comissão de monitoria da escola, em que os alunos vão receber material elaborado pelos professores”.

Tales Tamele diz ainda que, os alunos são orientados para responder os questionários e retomar a escola para fazer a entrega do material e na sequência vão assinar o mapa que dá a confirmação de que o estudante deixou o material na escola.

Para além da participação dos alunos, a Direcção da escola conta com a participação dos encarregados de educação, que por sua vez vão de certa forma fazer o acompanhamento de seus educandos.

“No que diz respeito às notas, nós como escola assumimos que são confiáveis, partindo do pressuposto que quando o professor faz a correção dos exercícios dos alunos venha a duvidar da nota, o aluno é submetido a uma avaliação oral para defender a nota que tirou”. Concluiu o Director.

De realçar que Moçambique conta com dez casos confirmados da COVID-19, e por meio desta o Governo junto com o Ministério da Saúde, apelam à sociedade moçambicana a cumprir com as medidas de prevenção recomendadas para combater a propagação do vírus no país.

 

Ajude-nos a crescer. Sua ajuda conta muito para nó
2.914

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

One thought on “Instituições de Ensino, voltam às aulas mesmo com estado de emergência

Comments are closed.

×

Olá!

Envie sua notícia ou informação pelo WhatsApp, é seguro e sigiloso. Pode confiar ou envie-nos um e-mail para redaccao@jornalvisaomoz.com

× REPÓRTER É VOCÊ. ESCREVA-NOS AGORA!
%d bloggers like this: