Jovens foram mesmo recrutados em Maputo? Entenda o que aconteceu

Os rumores do suposto recrutamento que até agora não termina a tensão na população está a deixar jovens a debandada.

Pessoas entrevistadas pelo Jornal Visão Moz, afirmaram terem avistado um grupo de indivíduos entre militares e civis pegando alguns jovens, algo que não pode ser confirmado pois nenhum familiar próximo das ditas vítimas veia a público afirmar tal facto.

O que aponta se tratar de um dos maiores boatos de sempre e que poderiam ter custado a vida de milhares que a debandada começaram a correr de um lado para o outro seguindo ordens do “vhale-vhale”(ouvir dizer na língua portuguesa-Tsonga).

A desconfiança que o povo tem para com o Governo moçambicano está a preocupar bastante e urge o Estado encontrar formas de devolver esta confiança para com o povo de modo a evitar-se situações similares e futuras que podem ser gravíssimas do que foi o evento da última sexta-feira.

Estima-se que mais de duas mil pessoas incluindo passageiros e vendedores teriam participado da debandada provocada pela partilha irresponsável de vídeos e mensagens sobre um possível recrutamento compulsivo que já teria iniciado nos distritos de Manhiça, Marracuene e em localidades como Pateque, Bobole, Xinavane e Maragra.

 

Veja o que JUMA AIUBA escreveu sobre o assunto…

Vagas para Aprendizes em Processo de Produção de Gás Natural (Inhassoro)

 

370

Capa da Semana

Primeira Página em 60 Segundos - Jornal Visão Moçambique

Anuncie aqui – 872007240

PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
%d blogueiros gostam disto: