LAM VOLTA A VOAR PARA LISBOA

As Linhas Aéreas de Moçambique-LAM volta a operar no solo Português, depois de muito tempo que este voo tinha sido interrompido a empresa nacional terá vivamente voos directos de Maputo a Lisboa. De realçar que este voo tinha sido marcado o seu início para o mês de Março, mas o mesmo foi adiado e terá o seu início em Junho. O regresso estava previsto para dia 31 de Março e foi adiado para o dia 02 de Junho do ano em curso.

João Jorge Director-Geral das Linhas Aéreas de Moçambique, disse que há muitos anos que operava a rota Maputo/Lisboa mas por questões operacionais deixaram de fazer a rota, e que esta iniciativa de reiniciar com a rota e o seu adiamento de inicio de operação garante que estarão todas as condições reunidas para o fazer em perfeitamente. “Nós LAM já operamos este voo há bastantes anos, a uma década, mas por razões comerciais e operacionais nós deixamos a rota, foi sempre uma rota que nós mantivemos muita atenção e fizemos a iniciativa em reiniciar e pensamos que neste momento temos todas as condições reunidas para o fazer”, disse a fonte.

O Director disse que os voos serão realizados com três frequências semanais, sendo às segundas, quartas e sextas-feiras, os mesmos serão nocturnos permitindo ao passageiro adormecer ao anoitecer de Moçambique e despertar ao amanhecer de Portugal ou vice-versa. Os voos serão operados por uma aeronave Airbus A330-200, com capacidade de 269 lugares, sendo 251 na classe económica e 18 na classe executiva.

“Nós negociamos uma parceria, e temos um suporte financeiro para poder garantir que nós operemos os voos por muito tempo, pois percebemos que esta rota é que tem mais movimento de passageiros, não só entre Maputo-Lisboa, como também para outros destinos próximos”, disse João quando questionado sobre a possibilidade de se parar de operar com a rota, visto que já operavam e depois de um tempo a rota parou de operar.

A fonte acrescenta ainda que com estas ligações, pretende-se oferecer um serviço personalizado que responde às necessidades de viagens de negócios, actividades académicas, de turismo e lazer, que incluem a envolvente desportiva, o intercâmbio histórico-cultural, o reencontro entre famílias, amigos, colegas ou simplesmente uma visita a Moçambique ou Portugal.

“A aposta é de se contribuir para a realização de sonhos e concretização de objectivos que passam pelo melhor conhecimento de cada um dos destinos a sua gente, valorizando o contacto com as realidades há muito desejadas, sejam pelas memórias, bem como pela convivência ou saudade”. Para concluir, no que diz respeito aos preços dos voos, a fonte revelou que serão preços competitivos, onde por vezes farão promoções, ou seja, vão oferecer aos passageiros bilhetes com preços razoáveis.

259

Capa da Semana

Primeira Página em 60 Segundos - Jornal Visão Moçambique

Anuncie aqui – 872007240

PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
%d blogueiros gostam disto: