MACURNGO: UM BAIRRO ONDE OS MORADORES TEM MEDA DE SAIR À RUA

O recrudescimento do crime na cidade da Beira está a tomar caminhos alarmantes e preocupando os moradores da segunda capital de Moçambique. Relatos de residentes no bairro Macurungo, apontam para o aumento do crime, principalmente à calada da noite.

Nos Últimos dias, os moradores do bairro de Macurungo estão a ser alvo de constantes roubos em residências e assaltos na via pública, principalmente na calada da noite, protagonizados por malfeitores até aqui não identificados.

A situação é agravada pela falta de patrulhamento policial e iluminação pública.

A reportagem de Jornal Visão seguiu o assunto, tendo constatado que na rua 21 do bairro de Macurungo está instalado um clima de medo caracterizado pelo reforço no gradeamento das portas e janelas.

Os moradores lamentam a situação da criminalidade e assumem ter medo de sair de casa, principalmente durante a noite devido a presença de malfeitores e exigem a actuação policial de modo a repor a ordem e tranquilidade públicas.

O Porta-Voz do Comando provincial da PRM em Sofala, Dércio Chacate, garantiu que a criminalidade naquele bairro tem dias contados e prometeu reforçar o patrulhamento policial com vista a neutralizar os malfeitores.

De recordar que na semana passada 4 malfeitores, empunhados de instrumentos contundentes, introduziram-se em duas residências, durante a calada da noite, onde se apoderaram de vários bens e feriram duas pessoas.

 45 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.