MAIS DE 1.700 PESSOAS MORREM ANUALMENTE POR ACIDENTES RODOVIÁRIOS NO PAÍS | Jornal Visão

MAIS DE 1.700 PESSOAS MORREM ANUALMENTE POR ACIDENTES RODOVIÁRIOS NO PAÍS

MAIS DE 1.700 PESSOAS MORREM ANUALMENTE POR ACIDENTES RODOVIÁRIOS NO PAÍS – A AMVIRO fez o lançamento das celebrações do dia mundial das vítimas da estrada, e do dia africano de segurança rodoviária, entretanto o encontro tinha como objetivo principal de lembrar aqueles que perderam as vidas nas estradas e ruas do país e no mundo inteiro, assim como prevenir o acontecimento de mais acidentes e registo de mais vítimas nas estradas.

Na ocasião, o presidente da AMVIRO, Alexandre Nhapossa revelou que, segundo os dados fornecidos pela organização mundial da saúde, estima-se que morrem todos os anos 1,2 milhões de pessoas nas estradas, e que 50 milhões de pessoas ficam feridas no mesmo período, e caso não hajam alterações na forma de encarar esta realidade em 20 anos este número trágico aumentará na ordem de 65%. Entretanto, no nosso país anualmente morrem de sinistros rodoviários mais de 1.700 pessoas e cerca do dobro sofrem ferimentos graves e ligeiros, sendo a maior parte destes acidentes crianças dos seus 13 anos de idade.

Nhapossa frisou ainda que, o dia mundial em memória das vítimas da estrada é celebrado anualmente no terceiro domingo do mês de novembro, e estas celebrações têm como objectivo a evocação pública da memória daqueles que perderam as suas vidas nas estradas nacionais assim como em todo o mundo. A fonte apela a todos os cidadãos nacionais e estrangeiros para que tomem cuidado ao atravessar a estrada e aos automobilistas para que não façam das estradas como um parque de diversão, para que se possa minimizar as mortes nas estradas.

Segundo o comunicado de imprensa do Comando Geral da PRM revela que só na semana passada foram registrados no país um total de 23 acidentes de viação relevantes contra 21 do ano passado no mesmo período em análise, com destaque para 11 atropelamentos, 04 choques entre carro e moto, 03 choques entre carros e 03 despiste e capotamento. Estes acidentes tiveram como resultados 23 óbitos contra 14, um total de 16 feridos graves contra 22 do ano passado, e 24 feridos ligeiros contra 13 do mesmo período. Ainda nos dados operativos, a PRM fiscalizou em todo território nacional 57.492 viaturas, das quais 71 foram apreendidas junto de 183 cartas de condução e 39 livretes, foram aplicadas 4.272 multas, do mesmo destaca-se um número de 19 indivíduos detidos por condução ilegal e 16 condutores por corrupção activa.

Por: Augusto Nhantumbo

Ajude-nos a crescer. Sua ajuda conta muito para nó
579

×

Olá!

Envie sua notícia ou informação pelo WhatsApp, é seguro e sigiloso. Pode confiar ou envie-nos um e-mail para redaccao@jornalvisaomoz.com

× REPÓRTER É VOCÊ. ESCREVA-NOS AGORA!
%d bloggers like this: