MBV SECURITY não paga salários há 9 meses

Trabalhadores da Empresa MBV Security com sede na província da Zambézia, centro de Moçambique, não paga salários aos seus funcionários há mais de 9 meses.

Para além de despedimentos sem justa causa, os funcionários apontam que desde Maio do ano em curso não recebem salários e juntando com os outros meses do ano transacto não sabem contabilizar os prejuízos que carregam e consequentes na família.

Falando a nossa reportagem Ricardo(nome fictício para preservar sua imagem), conta que desde que a empresa parou de pagar em Maio, foram obrigados a recorrer a direcção afim de saber mais sobre o caso e a resposta foi de “se você está cansado, tira o fardamento e vá para casa e se não tiver nada por fazer lá em casa procura calcinhas da tua mulher para lavar”, revela.

Os denunciantes, também revelaram a reportagem do Jornal Visão na Zambézia que já recorreram a inspecção do Trabalho mas o problema ainda não tem solução.

Os contratados apontaram que a empresa MBV não tem sindicato e nem documentos completos para operar. Ainda, segundo denúncias chegadas ao Visão, a empresa não está organizada, “quando o delegado chega diz você tira o fardamento e vá para casa. Como vamos nos sentir seguros se nem a direcção do trabalho não está a nos ouvir?, questiona João outro funcionário que revelou a mesma empresa estar na Zambézia há pouco mais de um ano e sete meses.

O patronato desde o início dos contratos começou a dever 3 meses e só pagava 1 mês ficando a dever 2, o que significa que em 12 meses só se recebe salários 4 meses alternados.

Uma questão que sempre fica no ar é: se a direcção de trabalho e a inspecção local existem e tem conhecimento segundo os trabalhadores porque empresas do tipo operam naquela zona do país?

 O jornal Visão está ainda atrás dos responsáveis da empresa e da direcção do trabalho afim de esclarecerem a situação.

 

Notícia ainda em actualização

 

 38 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.