MESMO COM A ECLOSÃO DO COVID-19 VIOLADORES DE FRONTEIRAS PARECEM MAIS IMUNES

MESMO COM A ECLOSÃO DO COVID-19 VIOLADORES DE FRONTEIRAS PARECEM MAIS IMUNES

MESMO COM A ECLOSÃO DO COVID-19 VIOLADORES DE FRONTEIRAS PARECEM MAIS IMUNES

Informações avançadas nesta quarta-feira(1) de Abril, pelo porta-voz da Polícia da República de Moçambique(PRM), Orlando Mudumane, dão conta de que um  total 1.233 indivíduos foram detidos no território nacional dos quais que 1.048 por violação de fronteiras e 185 por práticas de delitos comuns.

MESMO COM A ECLOSÃO DO COVID-19 VIOLADORES DE FRONTEIRAS PARECEM MAIS IMUNESSegundo Mudumane, no período de 21 a 27 de Março último, corporação deteve um nacional de 38 anos de idade indiciado na prática de crime de armas proibidas.

Foram também fiscalizadas no mesmo período em análise 51.936 viaturas das quais 88 foram apreendidas. Um total de 236 condutores ficaram sem cartas de condução e 51 livretes apreendidos.

O porta-voz da PRM, aponta a recuperação de 4 armas de fogo sendo uma AK-47, 1 pistola e 02 caçadeiras. “Aplicamos cerca de 4.269 multas aos automobilistas e prendemos 15 condutores por condução ilegal e 7 por corrupção activa. Das várias operações feitas pela Polícia conseguimos recuperar 34 viaturas, 07 motorizadas, 32 telemóveis, 13 televisores, 02 computadores e 6.8Kg de cannabis sativa”, disse Mudumane.

ACIDENTES DE VIAÇÃO EM MOÇAMBIQUE

O porta-voz da PRM revelou que 22 pessoas perderam a vida em consequência de 23 acindentes de viação contra 22 de igual período de 2019, com destaque a 14 atropelamento e 4 choques entre carros.

Orlando Mudumane aponta que estes acidentes tiveram também como consequências 6 feridos graves que poderão ter engrossado o número de óbitos e 05 ligeiros. A velocidade excessiva, má travessia de peão e condução sob efeito de álcool, são apontadas como principais causas dos sinistros da última semana de Março que também foi marcada pelo anúncio da interrupção de aulas em todos estabelecimentos de ensino no país.

Ao todo, em todo território nacional a Polícia da República de Moçambique registou 108 delitos contra 115 do igual período do ano 2019, havendo uma redução em 7 casos que correspondem a 6%. Neste momento o desempenho policial situa-se em 87% mercê do esclarecimento de 94 crimes dos 108 contra 84% de operatividade da Polícia.

501
%d blogueiros gostam disto: