Militares portugueses alvo de “ataque violento” na República Centro Africana

Militares portugueses em missão da ONU estiveram envolvidos em combates com “armamento pesado” durante cinco horas, mas não houve feridos. Força está em Bambari, a 400 quilómetros da capital.

Os militares paraquedistas em missão na República Centro Africana (RCA) estiveram esta quinta-feira envolvidos, durante cinco horas, numintenso combate com elementos de um grupo armado, depois de serem alvo de um “ataque violento”. As imagens divulgadas pelo gabinete do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) mostram o uso de armamento pesado e o ataque a que a força portuguesa foi sujeita. Não há registo de feridos do lado da força portuguesa.
FONTE: OBSERVADOR
207

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: