MOÇAMBIQUE É O PIOR PAÍS PARA CRESCER UMA CRIANÇA

Comemorou-se a 1 de junho, o dia internacional da criança. Data esta celebrada desde o ano de 1950. O dia 1 de Junho surgiu da necessidade de colocar todas as crianças dentro dos mesmos padrões, isto é, eliminar o favoritismo às crianças da elite, colocando todas em igualdade quando se trata de direitos e deveres.

Daí, todas as crianças começaram a ter a oportunidade de estudar, brincar e foram reduzidas as horas de trabalho das mesmas. Actualmente várias acções tem sido realizadas para travar o trabalho infantil.
Este ano, o dia da criança é celebrado com este novo normal pandémico, em Moçambique particularmente num dia que se marca a reabertura oficial das creches depois de muito tempo que as autoridades paralizaram as actividades desse sector por conta da COVID-19.
Segundo os dados do censo populacional de 2017, Moçambique é representado por uma pirámide invertida e maioritariamente jovem(dos 15 aos 17 anos). Em análise sobre esta data, psicológos estão unánimes em afirmar que MOÇAMBIQUE É O PIOR PAÍS PARA CRESCER UMA CRIANÇA, isto, por conta das condições lastimáveis que muitas familías tem.
Moçambique é um país do terceiro mundo por isso, são várias as dificuldades enfrentadas pelas comunidades como por exemplo: a desnutrição crónica, os casamentos prematuros, as violações (sexuais, psicológicas,domésticas…), que fazem com que o ambiente não sejá agradável para o crescimento das crianças.
Para terminar, advertiram que seria crucial haver uma política severa equiparada a da China, afim de minimizar o sofrimento das crianças.

 123 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.