MULEIDE EM SOFALA PREOCUPADA COM CRESCIMENTO DE CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

A Preocupação foi manifesta esta segunda-feira pela Coordenadora da Associação Mulher, Lei e Desenvolvimento, Júlia Garine, durante uma entrevista concedida em especial ao Jornal Visão, onde deu a conhecer que de Janeiro a esta parte os casos de violência doméstica tem vindo a crescer, principalmente em tempo da pandemia da Covid-19, se comparado com igual período do ano passado.

Apesar do aumento do número de casos, os dados mostram uma redução no número de denúncias, “talvez seja por receio da mulher em denunciar, devido a proximidade que tem com o agressor”, ressalvou Júlia Garine.

A Coordenadora da MULEIDE em Sofala, Júlia Garine, disse que os casos de violência doméstica estão relacionados com falta de dinheiro dentro no lar, porque devido o impacto da pandemia da covid-19, alguns funcionários foram despedidos dos seus postos de trabalho.

Júlia, disse por outro lado que a medida de Isolamento social tem provocado impacto negativo na vida da mulher, que já era vítima de violência doméstica, obrigando-a a permanecer em convivência com seu agressor no mesmo tecto.

Refira-se que a MULEIDE em Sofala tem atendido aos casos relacionados com Pensão de Alimentos e divisão de coisa comum.

ESCUTE A NOTÍCIA

 60 

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.