O motorista que causou acidente que matou 115 pessoas condenado a 3 anos de prisão

Segudno notícias postas a circular em todo mundo o Tribunal Judicial de Moatize, condenou esta quarta-feira a três anos de prisão o motorista que desviou um camião cisterna com combustível, que acabou por explodir e matar 115 pessoas no centro do país, em 2016.

Sabino Cardoso foi condenado por crime de furto qualificado de 7000 litros de combustível pertencentes a uma empresa malauiana, disse Sales Mulima, juiz do processo, citado pela Rádio Moçambique.
334
%d blogueiros gostam disto: