Rádio Online

A saída do Presidente do Banco Mundial compromete Donald Trump

Presidente do Banco Mundial renuncia e cria problema para Donald Trump Norte-americano tem o desafio de apresentar um candidato que seja aceito pelo resto dos sócios O Banco Mundial procura um novo líder após Jim Yong Kim anunciar que deixará a presidência do organismo multilateral no próximo dia 1º. A saída ocorre bem antes do esperado, já que o atual mandato dele só terminaria em meados de 2022. O norte-americano estava havia mais de seis anos à frente da instituição que financia o desenvolvimento, e a executiva-chefe Kristalina Georgieva assume o cargo interinamente. A demissão pode abrir um racha entre os Estados Unidose os países que criticam seu controle sobre o órgão multilateral. Segudno escreve o El País, desde que foi criado, há sete décadas, o Banco Mundial esteve no comando dos norte americanos. Jim Yong Kim sucedeu a Robert Zoellick em 1º. de julho de 2012. Mas sua demissão

Leia mais

Moçambique não deve pagar as dívidas ocultas, dizem juristas

A agência de informação financeira Bloomberg, cita dois juristas a afirmarem que Moçambique não tem de pagar as dívidas das empresas ProIndicus e MAM, porque houve corrupção no processo da sua contratação, de acordo com a acusação da justiça norte-americana. Mais de 2 biliões de dólares foram disponibilizados para Moçambique e beneficiaram particulares Juristas dizem que Moçambique pode não pagar as chamadas dívidas ocultas, porque a sua contratação está envolvida em esquemas de corrupção, mas economistas alertam para a possibilidade disso minar a connfiança dos credores. O professor de Direito na Universidade de Duke, Mitu Gulati disse que, “provavelmente, Moçambique tem um bom argumento em dizer que estes empréstimos estavam infestados de corrupção pelos agentes que os contrataram, e, por isso, são anuláveis”, sublinhando, no entanto, que “isto não isenta o devedor de ter de devolver os fundos que realmente recebeu”. Por seu turno, o analista do Instituto alemão Max

Leia mais

Fazer Reserva de Nome e começar com o Registo de Empresas passam a ser no BAU

Os serviços de iniciação de registo de entidades legais moçambicanas que outrora eram feitas de forma separada pelos Ministérios da Indústria e Comércio, da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, passam desde 02 de Janeiro de 2019 a funcionar no Balcão de Atendimento Único(BAU) da cidade de Maputo.  Dos serviços constam a reserva de nome e o registo de empresa, outrora realizados na conservatória de registos de Entidades Legais(CREL), por forma a ser um único ponto para a efectivação de actos inerentes ao início de negócios licenciados.De acordo com um comunicado de Imprensa enviado a nossa redacção pela CTA citando a Direcção Nacional de Apoio ao Desenvolvimento do Sector Privado, o Governo pretende com esta reforma, tornar mais célere e facilitado o processo de registo de uma entidade legal e o consequente licenciamento para início imediato de actividades.Assim sendo todos os actos subsequentes ao ciclo de início de actividade de uma

Leia mais

Grandes cidades moçambicanas com record nos nascimentos – Dados são da DNRN

 As aulas sobre a liberdade de escolha sobre quantos filhos cada casal quer ter ainda continuam a não surtir efeitos positivos sobretudo nos centros urbanos de Moçambique. Segundo dados recolhidos do website da DIRECÇÃO NACIONAL DOS REGISTOS E NOTARIADO(http://civil.registos.gov.mz), na cidade de Maputo o distrito com maior número de nascimentos é KaMpfumo. Atendendo e considerando que este é o epicentro da capital do país esperava-se um índice de natalidade reduzido pois segundo especialistas pessoas com maior nível de escolaridade, condições económicas estáveis tendem a nascer pouco.  Ao todo a cidade de Maputo tem uma taxa de natalidade de 9.646 dos quais 2.747 são do distrito municipal KaMpfumo na sequência o de KaMavota com 2.526, 2.230 em Lhamanculo e 1.194 KaMubukwane. Contrariamente aos Tabus se transmite aos moçambicanos às zonas recônditas são as que menos nascimentos registaram durante os 11 meses de 2018, sendo KaNyaka com 74 e KaTembe 159 nascimentos.

Leia mais

Edição nº 47 Pronta a ser lida – Clique aqui e tenha

Leia e partilhe com amigos e demais leitores. Clica aqui e tenha a edição completa do Jornal Visão 364

Leia mais

1 148 149 150
%d bloggers like this: