PAULO ANTÓNIO DA GRAÇA IRÁ PRESIDIR A NOVA AUTORIDADE REGULADORA DE ENERGIA-ARENE

PAULO ANTÓNIO DA GRAÇA IRÁ PRESIDIR A NOVA AUTORIDADE REGULADORA DE ENERGIA-ARENE- Decorreu na manhã de hoje (15) o evento de empoçamento de Paulo António da Graça, ao cargo de Presidente do Conselho de Administração da Autoridade Reguladora de Energia (ARENE), o mesmo foi dirigido pelo Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário. Na ocasião o Primeiro-ministro Carlos Agostinho do Rosário declarou que “o sector energético no nosso país têm vindo a registar um crescimento assinalável, nos últimos anos, sobretudo, com a expansão da rede de comercialização de combustíveis líquidos associados ao aumento do parque automóvel e industrial”. O governante salientou ainda que ” esta evolução do sector energético nacional, está ainda associada ao surgimento e desenvolvimento do mercado do gás natural, com a exploração de hidrocarbonetos em diversas áreas do nosso país”.

O primeiro-ministro diz que apesar do crescimento, há ainda alguns desafios associados a questão de segurança e estabilidade energética, bem como da necessidade de fazer face ao fenómeno do aquecimento global. Assim para responder a estes desafios, foi criada a Autoridade Reguladora de energia (ARENE) através da transformação do Conselho Nacional de Eletricidade (CNELEC) que era um órgão de consulta em matérias ligadas à área da eletricidade.

Entretanto, a nova entidade, passa a ter poderes de regulação e supervisão dos subsectores da eletricidade, gás natural, combustíveis líquidos e energias renováveis, asegurando desde modo, o alinhamento do sector da energia as melhores práticas internacionais, avançou o vice. “Esperamos que o presidente do Conselho de administração da ARENE, Paulo António da Graça, que acabamos de empossar, assegure uma boa articulação interinstitucional no sector da energia, com vista o alcance dos seguintes objectivos”, afirmou expectante Agostinho do Rosário.

Por tanto, são incumbidas as seguintes responsabilidades a Paulo António da Graça, a Promoção da concorrência leal entre os operadores públicos e privados do sector de energia, Garantia da transparência nas relações comerciais entre operadores deste sector, Promoção da segurança energética nacional, de modo a contribuir para o desenvolvimento equilibrado e sustentável do país e o Reforço do controlo dos impactos do uso de energia no ambiente. Agostinho do Rosário revelou que o Governo ao nomear Paulo António da Graça para o cargo de presidente do Conselho de administração da ARENE, espera que o mesmo se dedique ao máximo das suas capacidades de gestão e liderança para o desenvolvimento da ARENE de forma particular e do sector da energia, em geral.

Por outra, na sua intervenção o novo presidente da ARENE, disse que: “Vamos dar continuidade ao trabalho que já está em curso na sequência da instituição da CNELEC, esta entidade que reguladora que acaba de ser criada, ela contém conjunto de poder que devem ser implementados, postos em prática, para o efeito irei contar com a equipa que já existe e darei meu maior contributo pôr causa dos desafios que está sendo colocados no sector de energia actualmente”. Paulo da Graça diz ainda que “o primeiro activo para a protecção dos resultados são as pessoas, a equipe que já existe, vamos motivados a trabalhar para conseguir alinhar os objectivos da instituição que são objectivos do país. Estamos a entrar numa fase em que teremos novos programas de governação e está em curso a elaboração de novas estratégias de energia e queremos começar alinhar com esses instrumentos”, concluiu a fonte.

Por: Lizia Moiane

1.064

Capa da Semana

Primeira Página em 60 Segundos - Jornal Visão Moçambique

Anuncie aqui – 872007240

PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
%d blogueiros gostam disto: