Pensões aumentam já este mês – veja quanto vai receber a mais

À boleia da inflação e do crescimento económico, a grande maioria das pensões vão crescer, a partir deste mês. Os pagamentos já começaram a ser feitos.

À boleia da inflação e do crescimento económico, a grande maioria das pensões vão crescer, a partir deste mês. Os pagamentos já começaram a ser feitos.

À boleia da inflação e do crescimento económico, a grande maioria das pensões vão crescer, a partir deste mês. Os pagamentos já começaram a ser feitos.

Esse reforço extra deverá ficar para mais tardeo Bloco de Esquerda garante que fechou este “bónus” com o Governo, mas não adiantou quando produzirá efeitos na carteira dos pensionistas.

Diz a lei que quando a média do crescimento do PIB nos últimos dois anos é superior a 2%, soma-se 20% desse valor (com um mínimo de 0,5 pontos percentuais) ao valor da inflação dos últimos 12 meses (sem habitação) para aferir a taxa de variação que será aplicada às pensões mais modestas, a partir de janeiro.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, a inflação a ter em conta ficou nos 0,24%, resultando daí uma variação de 0,7% para as pensões até 877,6 euros, aumento que começa a ser sentido já no cheque deste mês.

Para as pensões entre os 877,6 euros e os 2.632,8 euros, a subida é de apenas 0,24%, ficando em linha com a inflação (isto é, não beneficiando do “bónus” decorrente do crescimento da economia). Já as pensões acima dos 2.632,8 euros ficam estagnadas, este ano.

Segundo a ministra do Trabalho e da Segurança Social, só com esta atualização normal das pensões cerca de dois milhões de beneficiários terão um aumento real dos seus rendimentos.

Ao contrário do que aconteceu no último ano, este aumento normal das pensões não está a ser complementado por uma subida extraordinária. Pelo menos por agora, já que o Bloco de Esquerda garantiu aos jornalistas que fechou com o Executivo, no âmbito das negociações do Orçamento do Estado para 2020, uma atualização extra em linha com aquelas seguidas nos últimos anos.

A concretizar-se o modelo usado nos anos anteriores, estará em causa um aumento extra de dez euros para as pensões até 1,5 vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS), ou seja, 658,2 euros. Tal é aplicado apenas às reformas que não tenham sido alvo de atualização entre 2011 e 2015. Para que as tenham aumentado nesse período, a subida deverá ser de apenas seis euros, por mês.

Está ainda por saber quando será sentido esse reforço extraordinário das pensões. Portanto, as prestações deste mês chegam aos bolsos dos pensionistas apenas com a atualização conseguida pela via normal. As simulações da EY explicam o efeito dessa subida nas contas dos beneficiários.

Para um pensionista solteiro e sem filhos que receba 500 euros todos os meses, o rendimento líquido anual vai aumentar 51,8 euros, fruto da atualização de 0,7% já referida. Neste caso, continua a não haver IRS a pagar, uma vez que o valor em causa mantém-se abaixo do mínimo de existência; Ou seja, todo o acréscimo da pensão é sentido diretamente na carteira do beneficiário.

Veja mais…

1.126

Perfil do Editor

Redacção
Redacção
Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: