PIMO DENUNCIA PLÁGIO DO SEU PROJECTO DE GOVERNAÇÃO PELA FRELIMO

O Sentimento foi manifestado na tarde deste sábado pelo Presidente do Partido Independente de Moçambique-PIMO, depois do anúncio do Governo de Filipe Nyusi do Projecto de Combate à pobreza virado para a agricultores da classe familiar.

Yaqub Sibindy, que usou a rede social Facebook do PIMO, para mostrar sua indignação e aquilo que chama de Plágio autêntico do Projecto “Novo Moçambique”, cuja dimensão abrange mais de 3.600.000 de famílias moçambicanas que vão se beneficiar de DUAT’S de 10 hectares cada, revela ainda ser demonstração de pessimismo ao sistema pluralista político que só se baseia em difamar a oposição.

O PIMO, relata que na maioria das vezes os partidos da oposição são chamados de simples bandos que se constituíram como partidos políticos de sobrevivência estomacal sem nenhum projecto de gestão e ou governação de Moçambique, daí sua indignação quando vê seu projecto de Governação Plagiado e sem sua autorização ou consentimento informado.

“Ora o chamado Projecto de Combate à pobreza virado para a agricultores da classe familiar, aprovado em 2017, pelo Conselho de Ministros, constitui um plágio autêntico do Grande Projecto ” NOVO MOÇAMBIQUE ” cuja dimensão abrange mais de 3.600.000 de famílias moçambicanas que vão se beneficiar de DUAT’S de 10 hectares por cada família”, relata o PIMO.

O projecto que Yaqub Sibindy referencia ter sido plagiado pelo Governo de Nyusi foi aprovado no dia 14 de Fevereiro de 2017 e passados 3 anos o PIMO ainda quer explicação do governo da FRELIMO

O PIMO na sua “carta”, lançado no facebook exige daos membros da Frelimo um profundo respeito e reconhecimento, desafiando-os a desmentirem que não foi o PIMO que idealizou à criação do Mistério das Terras e a Frelimo plagiou?

O PIMO, segue citando alguns casos de projectos e ministérios que são da sua autoria e que o partido no poder não soube enganá-los.

Sendo estas as questões que o PIMO coloca a FRELIMO:

  1. Não foi o PIMO que idealizou à criação do Mistério das Águas, e a Frelimo plagiou?

 

  1. Não foi o PIMO que idealizou o Projecto de duat´s das Terras férteis entre as Famílias e o Estado, e à Frelimo plagiou?
  2. Não foi o PIMO a idealizar os projectos de construção de represas para conservação das águas calamitosas, e a Frelimo plagiou?
  3. Não foi o PIMO que idealizou o projecto das infraestruturas das vias rodoviárias, pontes e linhas férreas e energia nas zonas rurais para a construção de Cidades Ambientais, no lugar de simples aldeias comunais, e a Frelimo plagiou?
  4. Quem idealizou o sistema de introdução de 3 campanhas agrícolas por ano, não foi o PIMO? Quem está a criar o sistema financeiro económico sem juros não é o PIMO?
  5. Quem idealizou o sistema de desenvolvimento socioeconómico “capitalismo de famílias” não é o PIMO? (cada família uma empresa de 10 hectares)!
  6. Quem defende à partilha de riquezas entre o Cidadão e o Estado, condenando o capitalismo selvagem do Batuque e massaroca, não é o PIMO?

 

  1. Quem está a batalhar a procura de parceiros privados para ajudar Moçambique à saldar na totalidade a sua Dívida Externa não é o PIMO? Mas quem contraiu às dívidas secretas que estão a provocar o isolamento de Moçambique no mercado financeiro internacional não é o PIMO!

Yaqub Sibindy, ao Jornal Visão mostrou indignação e lamenta a falta de respeito da FRELIMO por plagiar projectos da oposição sem assento parlamentar e que chama-a de lambe-botas. Mais adiante o PIMO revela que o Governo da Frelimo que prometeu durante a campanha eleitoral a promoção e valorização das boas ideias sem cores partidárias, hoje esquiva-se na partilha de ideias sobre a implementação dos projectos que receberam oficialmente do PIMO.

Na explanação de Yaqub Sibindy, o que se quer neste momento é o reconhecimento da capacidade intelectual do PIMO pelo Governo do Dia.

Yaqub Sibindy anunciou em meados de 2019 que estava a candidatar-se como didático ou seja um Presidente que quer governar com conhecimento e que suas ideias sejam usadas pelo vencedor do escrutínio que deu a recondução de FILIPE Nyusi.

Recorde-se, trouxemos uma matéria numa das nossas edições PDF, onde Yaqub Sibindy, declara que enquanto a oposição não ter performance de Estado vai perder sempre e foi o que se viu nas eleições de 15 de Outubro de 2019.

A argumentação de Sibindy foi feita após a recusa de Ossufo Momade em Unir-se a outros partidos para que “lutassem” contra a FRELIMO.

“Presidente Nyusi, o prestígio de um Líder, não basta só exercer o poder na governação, mas acima de tudo está na seriedade”, finalizou Sibindy

5.007

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: