PIMO INSATISFEITO COM ACTUAÇÃO DO IMD

PIMO INSATISFEITO COM ACTUAÇÃO DO IMD

A DIABOLIZAÇÃO do Instituto para Democracia Multipartidária (IMD), pelo PIMO continua e passados 12 meses do acordo de Paz Definitiva assinado em Maputo por Filipe Nyusi Presidente da República de Moçambique e Ossufo Momade Presidente da Renamo.

O PIMO, usando sua página do FACEBOOK, desvaloriza a presença do IMD em Moçambique dizendo que esta ONG dos países europeus, interessados em fortificar a democracia multipartidária, financiando as actividades políticas dos partidos fora do Parlamento, hoje quase que se desvinculou do seu alvo, desviando os fundos destinados aos partidos políticos não parlamentares para financiar ONG’s e Partidos políticos Parlamentares que para além desses Partidos se beneficiarem dos fundos do Estado, também têm apoio da AWEPA, uma ONG europeia ao serviço dos Partidos políticos Parlamentares, desde de 1994!

No seu escrito, o PIMO afirma que as organizações da Sociedade Civil são “munições” fora do cano! “Não assustam a FRELIMO! Ninguém pode ser ingrato, para chegar ao ponto de desqualificar totalmente o papel desempenhado pela RENAMO, para termos esta abertura de teclar livremente sem nenhuma legislação para nos prender! ”, Avança o Post do PIMO.

Na sua dissertação o PIMO afiança que foi graças a RENAMO e das suas as armas que “hoje no mínimo somos tidos como objectos de aldrabice e manipulação política da FRELIMO comunista! ”

O PIMO entende que “Potenciar ONG’s, se não é por ignorância, então podemos concluir que é mais uma jogada da FRELIMO para adormecer o boi, adiando assim a sua partida para oposição, graças as críticas açucaradas das ONG’s, patrocinadas por fundos do IMD! ”

 

FRELIMO TEM MEDO DA OPOSIÇÃO

 

Na opinião do PIMO, um Partido político deve ser apenas partido político e jamais seja superado por uma ONG.

“Apostar o peso da oposição democrática ao regime da FRELIMO, por via das ONG’s é uma sabotagem sistemática para impedir o crescimento da oposição política protagonizada pela inteligência do Partido no Poder a fim de ver-se livre das críticas duma oposição evoluída vinda dos partidos políticos da oposição não parlamentar que com a assistência dos fundos europeus poderiam crescer até conquistar alguns assentos”, avança o PIMO.

No entender do PIMO, há uma intenção lógica de se transformar as ONG’s em partidos políticos que possam operar indirectamente. “Exemplo do Parlamento Juvenil que se transformou num partido político, mesmo na boca das eleições”.

Desvalorizando a FRELIMO, o PIMO, diz que actualmente pode ser comparado a uma pistola de brinquedo que apontando contra a FRELIMO, logo à primeira assusta a sua vítima, porque de repente pode se julgar com todo o risco que não é brinquedo, pois tem uma aparência de uma arma real.

A desvalorização dos feitos do IMD continua na dissertação do PIMO, reforçando que enquanto uma ONG, o IMD até pode se comparar a uma munição real, mas fora do cano, não assusta a FRELIMO.

“A FRELIMO de hoje não se combate com políticas de ONG’s, mas sim com políticas inteligentes assustadoras ao regime vindas dos Partidos políticos e não ONG’s, como por exemplo: o plágio da FRELIMO ao Grande Projecto de Governação ´NOVO MOÇAMBIQUE´. A FRELIMO se apercebeu que a união entre a força de massas do Partido RENAMO com as potencialidades inteligentes do Plano de Governação do PIMO, seria um autêntico adeus do seu partido ao poder a partir das passadas últimas eleições. Foi por causa disso que a FRELIMO, jogou um papel muito persuasivo para enjoar a RENAMO a não abraçar o Manifesto de Governação NOVO MOÇAMBIQUE, para evitar que a pirataria do Projecto “Sustenta” fugisse das suas mãos para as legitimas mãos da oposição” fala o PIMO.

O PIMO que não concorre às eleições gerais há muitos anos, revela que se a RENAMO tivesse abraçado o PIMO, esse barulho de vitória moral da FRELIMO em torno do Projecto “Sustenta” que está a cantar em todos os Distritos, seria um barulho encabeçado pela RENAMO e Ossufo Momade.

“Imaginem caros leitores o que seria da FRELIMO, em 2019, roubar votos de um eleitorado comprometido com os benefícios do Projecto NOVO MOÇAMBIQUE/BDF versus SUSTENTA? A FRELIMO, não iria tomar posse, pois todos estariam sentados na Ponta Vermelha a exigir por conta própria que o General Ossufo Momade, assumisse o Poder, pois veriam nele como o salvador que trouxe sistema sustentável da agricultura familiar que há mais de 40 anos a FRELIMO no poder nunca conseguiu pensar ao favor do povo moçambicano”, aponta o PIMO.

O PIMO que continua com ideologias de governo partilhado com o povo reclama a irresponsabilidade do Governo da FRELIMO em assumir que os projectos deste são de maior valor e usa-os sem citar a autoria emendando alguns dados.

“Qualquer pessoa que gosta de ver para acreditar, eis aí a própria Frelimo a fazer uso de um pensamento, propriedade político-intelectual de um partido visto como pequeno e insignificante, enquanto isso na realidade não constitui a verdade: PIMO É MUITO GRANDE e como legado da Juventude marginalizada, promete resgatar o seu Projecto NOVO MOÇAMBIQUE, profanado pelo Projecto pirata “Sustenta” e devolvê-lo de novo ao povo, rumo à victória esmagadora de 2023/2024”, avança a FONTE.

133

Perfil do Editor

Redacção
Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: