Portugueses repatriados podem também espalhar o vírus

Foi esta terça-feira confirmado o primeiro caso de coronavírus na Bélgica. A infeção foi detetada num cidadão repatriado da cidade de Wuhan, epicentro da epidemia de 2019-nCov na China que já fez mais de 420 vítimas mortais. Trata-se de uma das pessoas que viajaram com os portugueses até França, confirmou o centro de crise belga à RTP.

De acordo com o Ministério belga da Saúde, o indivíduo infetado está, nesta altura, assintomático. Fazia parte de um grupo de outros nove belgas repatriados no último fim de semana de Wuhan.O novo coronavírus foi detetado em dezembro do ano passado em Wuhan, capital da província chinesa de Hubei, no centro do país. A cidade está sob quarentena.

O homem foi entretanto transportado para uma unidade hospitalar especializada. Os demais repatriados continuam sob observação.

O voo que chegou na segunda-feira a Beja é um A319 da companhia Hy Fly, proveniente do aeroporto Charles de Gaulle, em França. Antes disso esteve na Bélgica.

FONTE:
479
×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: