30 MESES SEM SALARIO: Elenco da TIM promete manifestar até em casa de Celso Correia

30 MESES SEM SALARIO: Elenco da TIM promete manifestar até em casa de Celso Correia

30 MESES SEM SALARIO: Elenco da TIM promete manifestar em casa de Celso Correia – 

Os trabalhadores da Televisão Independente de Moçambique (TIM) iniciaram na manhã desta segunda-feira (29) uma greve nas instalações deste órgão de informação localizado na avenida Patrice Lumumba na capital do país.

A manifestação advém da não remuneração de 30 meses de salários de mais de 50 funcionários, dos quais indemnizados e activos.

Os trabalhadores deste órgão de informação, dentre cameramans, realizadores, produtores de programas, jornalistas, técnicos entres outros queixam-se do atraso na remuneração dos seus ordenados. O problema enfrentado por estes arrasta-se há mais de dois anos.

Segundo os mesmos, por várias vezes e formas tentaram ver o seu problema resolvido, mas sem sucesso.

Abandonados à sua sorte pela direcção da empresa os profissionais de comunicação prometem manifestar-se esta terça-feira defronte a casa de Celso Correia, actual Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

A decisão de manifestar-se na residência do Ministro Celso Correia, foi tomada por estes depois que o Director-Geral, Alexandre Rosa os abandou, atirando a culpa do não pagamento de salário ao Ministro, por este ser proprietário da empresa em questão.

Os trabalhadores, depois da reunião que mantiveram com a Direcção da empresa no passado dia 15 do corrente mês de Junho, esta desapareceu mas antes os remeteu a fazer cobrança a Celso Correia.

Não é a primeira vez que os funcionários deste órgão manifestam-se, as greves passaram a ser um hábito cultural dos profissionais da TIM.

De realçar que, a TIM está inoperacional desde o mês de Dezembro de 2019, e actualmente as instalações estão abandonadas e sem corrente elétrica.

O encerramento da empresa foi aos 23 de Dezembro quando a direcção decidiu dar férias colectivas aos trabalhadores.

LEIA  Conselho Constitucional dá 131mil votos a Filipe Nyusi

As férias colectivas foram a forma que a direcção usou para tirar os profissionais das instalações, sem poderem ter acesso as mesmas e com salario em divida estes sentiram-se abandonados.

Entretanto, desde o final do ano até aqui os trabalhadores desta empresa tentam a todo custo ter os valores dos seus salários em atraso. As tentativas nunca produziram resultados satisfatório, sempre são contados uma história.

Ao proprietário da empresa, Celso Correia, os trabalhadores já endereçaram várias cartas pedindo que sejam pagos os salários em dívida. Estes dizem que nunca receberam uma resposta se quer de Celso Correia. Segundo estes, o silêncio do proprietário da empresa e o não pagamento dos salários é um gesto de maldade demostrado por este.

Os profissionais acreditam que Celso Correia não os paga simplesmente porque não quer, e não por não ter condições para tal, mostrando-se ser um patrono que não respeita os direitos dos trabalhadores. Realçando que, o proprietário da TIM é um governante, este deveria ser uma figura de exemplo para outros empresários no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores.

Promessas de pagamento de salários no período eleitoral foi mais um golpe

Conteúdo para ASSINANTES. Por favor ASSINE PREMIUM SEMANAL e tenha acesso a toda notícia login.
3.473

One thought on “30 MESES SEM SALARIO: Elenco da TIM promete manifestar até em casa de Celso Correia

Comments are closed.

pt_PT
en_GB pt_PT
%d bloggers like this: