A MOE-UE REFORÇA MAIS 70 OBSERVADORES PARA AS ELEIÇÕES EM MOÇAMBIQUE

A MOE-UE REFORÇA MAIS 70 OBSERVADORES PARA AS ELEIÇÕES EM MOÇAMBIQUE

A MOE-UE REFORÇA MAIS DE 70 OBSERVADORES PARA AS ELEIÇÕES EM MOÇAMBIQUE – A Missão de Observação Eleitoral da União Europeia – Moçambique 2019 destacou este sábado (12) mais um grupo de 76 observadores de curto-prazo para reforçar contingente de observação com vista às Eleições Gerais e das Assembleias províncias. O novo grupo de observadores chegou à Moçambique no dia 10 de Outubro, e após uma formação sobre os procedimentos de votação, saiu no dia 12 de Outubro de Maputo com destino às províncias. A tarefa dos observadores de curto-prazo incidirá sobre o acompanhamento da votação, a contagem e o apuramento distrital de resultados.

Por ocasião deste novo destacamento, Sánchez Amor, Chefe da Missão disse: ” Estes observadores vão juntar-se aos observadores de longo-prazo presentes há um mês nas diferentes províncias do país, onde seguem a campanha eleitoral e os preparativos para o dia da votação. No próximo dia 15 de Outubro, a Missão estará presente em todas as províncias do país com mais de 150 Observadores. A Missão espera que a votação tenha lugar num ambiente pacífico e que todos os eleitores possam exercer o seu direito ao voto”.

De referenciar que a Missão chegou à Moçambique no passado dia 31 de Agosto, continua a observar as fases seguintes do processo eleitoral, nomeadamente, as preparações logísticas da Comissão Nacional de Eleições e do Secretário Técnico de Administração Eleitoral para o dia da votação, o respeito pelo silêncio da campanha eleitoral, as operações de voto e a fase de apuramento de resultados a nível distrital, província e Nacional. A MOE UE opera de forma independente e imparcial, sendo que os seus observadores são obrigados a aderir a um Código de Conduta que se rege pelas normas internacionais em matéria de observação eleitoral.

LEIA  ASSINADO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO PARA A PROMOÇÃO DO USO DE TRANSPORTES PÚBLICOS DE BAIXO CARBONO

“Está tudo pronto para o dia da votação, os observadores que vão observar no Norte já estão no terreno, os do Sul estão a caminho. Na província de Gaza são 5 equipes que estarão no local, e 6 observadores, e dois dias depois do dia 15 de Outubro iremos anunciar como decorreu as eleições nas províncias de Moçambique”, revelou Tânia Marquês, Chefe adjunta da operação.

Por: Lizia Moiane
761
pt_PT
en_ZA pt_PT
%d bloggers like this: