PROMOÇÃO DOS DIREITOS INFANTIS: JORNALISTA DE NAMPULA GANHA PRÉMIO

PROMOÇÃO DOS DIREITOS INFANTIS: JORNALISTA DE NAMPULA GANHA PRÉMIO Celestino Manuel, repórter do Jornal IKWELI sedeado na província de Nampula, a norte de Moçambique, é o premiado da edição 2019 do concurso Jornalista Amigo da Criança. A Iniciativa é da Rede de Comunicadores Amigos da Criança, que nesta quinta-feira em cerimónia pública, anunciou o vencedor do prémio Jornalista Amigo da Criança. 54

Leia mais

Mortos 50 insurgentes em Cabo Delgado

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) de Moçambique abateram, nas últimas 48 horas, um total de 50 membros dos grupos que têm protagonizado ataques armados em Cabo Delgado (norte), anunciou hoje o ministro do Interior de Moçambique, Amade Miquidade. 791

Leia mais

PERMANECEM CASOS DE VIOLAÇÕES DA LIBERDADE DE IMPRENSA EM MOÇAMBIQUE

Apesar do país ter registrados uma redução de casos de violações da liberdade de imprensa no ano passado de 2019 comparado com ano anterior de 2018, onde foram registrados 23 casos havendo uma redução em 3 casos, estes actos de violação ainda permanecem. Entretanto, está ligeira redução dos casos de violações da liberdade de imprensa, verificados em 2019 segundo o MISA-Moçambique, não pode significar melhoria do ambiente. Pelo contrário, pode ser um sinal de que os jornalistas ganham mais medo e tendem a evitar cobrir questões que os possam colocar como alvos de entidades predadoras das liberdades. “A ligeira redução dos casos em 2019 não pode significar que o ambiente da liberdade de imprensa tenha melhorado. Pelo contrário, tal pode estar a significar que a violência e os ataques contra a imprensa registados em 2019 criaram, no seio dos profissionais de comunicação social, um ambiente de medo, levando-os a evitar

Leia mais

PARA EVITAR FURAR O ESTADO DE EMERGÊNCIA, PIMO PROPÕE PEPA

PARA EVITAR FURAR O ESTADO DE EMERGÊNCIA, PIMO PROPÕE PEPA “O RECUO DAS MEDIDAS NO SISTEMA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS NÃO È CARÍCIA AO POVO E SIM UM FORMA DE ASSASSINÁ-LOS”  CORONAVÍRUS, É MENOS PERIGOSO QUE CORONAFOME – diz Yaqub Sibindy 496

Leia mais

BCP processa Moçambique em escândalo de 2 mil milhões de dólares

O caso refere-se a empréstimos alegadamente contraídos de forma ilegal por empresas moçambicanas, nomeadamente pela Mozambique Asset Management. O BCP avançou para tribunal contra Moçambique, tornando-se na mais recente entidade a processar o país envolvido num escândalo de 2 mil milhões de dólares. De acordo com a Reuters, o processo contra o Governo de Moçambique e a empresa estatal Mozambique Asset Management (MAM) já deu entrada no Supremo Tribunal de Londres. Em causa estão, refere a agência, “contratos comerciais e acordos”. Questionado pela Reuters, o banco liderado por Miguel Maya recusou comentar o processo. Ainda assim, afirmou que mantém “relações institucionais excelentes” com o Governo daquele país. Já o tribunal de Londres não dá mais informação, a não ser que o BCP está a ser representado pelo escritório de advogados Enyo Law. A MAM é uma de três empresas estatais que estavam envolvidas num projeto relativo a pesca de atum, desenvolvimento

Leia mais

1 2 3 21
pt_PT
en_ZA pt_PT
%d bloggers like this: