Doppaz já havia recebido avisos da PRM antes dos seus últimos pronunciamentos

Doppaz já havia recebido avisos da PRM antes dos seus últimos pronunciamentos

Carta aberta para Doppaz

Gostaria de endereçar as minhas calorosas saudações, e aproveitar o ensejo para desejar festas felizes, e um próspero 2020!

Antes de mais nada, quero que saibam que não estou contra, nem a favor, por isso, não me interpretem mal no que vou dizer. Porém, noto a falta de espírito de camaradagem por parte do conceituado cantor do RNB, o moçambicano Amândio Munhequeia (Doppaz). Admito que te admiro bastante, pois para além de cantar encanta muitos corações com a sua belíssima voz!
Mas, fico sem saber a sua principal intenção sobre as duras críticas que tem lançado contra o Salvador Maiaze (Mr. Bow).
Companheiro, sendo a música uma modalidade artístca, sendo assim, nunca é mau criticar, afinal, é bem sabido que através da crítica pode, sim, certas atitudes, mas, pelo que tenho notado nos últimos tempos, percebe-se que já não se trata apenas de música, mas sim de problemas pessoais que, de ponto de vista social acabam influenciando na carreira musical!

Caro Doppaz, somos seres imperfeitos, disso sabemos, mas quero lembrar-te, como irmão, compatriota, seu fã, que você e Mr. Bow são irmãos, irmãos não são apenas os de sangue, refiro-me de filhos da mesma nação e que gozam dos mesmos sabores. Por conseguinte, não vejo motivos de estar atento às falhas do Mr. Bow, para depois tirar proveito.

Meu caro, penso que deves ter algo pessoal com Bawito, caso não, se notasse uma falha, o faria de forma diferente, e não denigrir ou desonrar a imagem dele e da sua família de maneira mais crua e radical.
Aprendi na vida, que quando fores a notar um erro do terceiro, ajuda-o a concertar, e não se aproveite da situação para lograr os seus intentos pessoais. Acho que tem o contacto de Mr. Bow, pode contactá-lo para acertar as desconformidades, e não criar balbúrdia, nem injuriar, pois vocês são irmãos. Se bem que existe um problema pessoal, por favor, Doppaz, arranja outro critério ou mecanismo, porque no final das contas, como consequência, poderão matar a música moçambicana, por causa de polêmicas que engendram ódio e vingança musical, o que não é vantajoso, nem proveitoso para nós!

LEIA  GABINFO PODERÁ NOS PRÓXIMOS ANOS CONTROLAR O LIMITE DE RADIO DIFUSÃO DA MÚSICA COMO FORMA DE MELHORAR A CULTURA CASO SE APROVE A LEI - ESPERA O MINISTRO DA CULTURA

Como diz o ditado: “quando dois bois lutam o que sofre é o capim”, então seja homem, não há necessidade de recorrer às Redes Sociais, pois no fim da história a música moçambicana sai a perder. Portanto, almejo união entre os músicos do nosso país. Já é momento de assumir responsabilidades e olhar para frente, chega de intrigas, não importa o estilo, tudo é música deste país, e merece atenção e respeito, por isso, cada qual com sua forma, o bolo sai diferente!

Por: Pinto Paulo Comolo(30.12.2019) Perfil.

1.762
pt_PT
en_ZA pt_PT
%d bloggers like this: