LANÇADO O WEBSITE DO CONSELHO NACIONAL DE COMBATE AO SIDA

LANÇADO O WEBSITE DO CONSELHO NACIONAL DE COMBATE AO SIDA

Foi lançado na passada sexta-feira(11) na cidade de Maputo o novo Website do Conselho Nacional de Combate ao Sida-CNCS, esta que vai apoiar a informação sobre as medidas de resposta a epidemia no país.

Segundo o representante da Sociedade Civil Ramos Nhachuche, antes cada um apresentava o número de casos de HIV/SIDA ao seu belo prazer e com esta página vai-se trabalhar com dados significativos que apresentam aquilo que é situação real do país. Nós como Sociedade civil queremos nos comprometer-mo-nos com o Conselho Nacional de Combate ao Sida para que garanta todos organismos de modo que todos estaremos de mãos dadas para o Combate ao HIV SIDA.

Nhachuche, acrescenta que vão usar deste espaço e instrumento para partilhar todos os dados relativos ao trabalho que á sociedade civil realiza e dela fazer o melhor uso para desenhar estratégias e mecanismos melhores para a Coordenação do Combate ao HIV/SIDA e que melhore a troca de informação.

Alfredo Vergara Director do CDC em Moçambique disse que este Website vai desempenhar um papel importante na criação e divulgação da informação de saúde de HIV e SIDA, “e este espaço será útil para o desenvolvimento de futuros planos estratégicos de Comunicação que o CNCS vem fazendo”, disse.

Alfredo, frisa que esta é uma área que precisa de receber mais atenção por isso a plataforma vai poder realizar actividades de monitoria de comunicação e permitir saber o nível distrital quais são actividades que os parceiros de Cooperação tem vindo á desenvolver e quantas pessoas são atingidas.

Francisco Mbofana Secretário Executivo do Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA disse que este é um instrumento que vai disponibilizar informação importante para tomada de decisão e definir prioridades para melhorar a capacidade de resposta, incluindo intervenções que visam reduzir numero de infecções.

LEIA  UEM inaugura primeiro Centro de Treinamento em Radioterapia

“Como devem saber, dados indicam que o nível de conhecimento tem estado estagnado nos últimos Cinco e Seis anos, portanto nós precisamos ter uma plataforma de informação básica para que os indivíduos tenham o fácil acesso a informar-se sobre á doença, assim como ter possibilidade de fazer perguntas e terem respostas mais apropriadas através deste “website“, ressaltou.

Mbofana revela que o “Website” pode ser pode ser acedido em diferentes dispositivos com acesso a Internet, uma característica que foi incorporada para responder ao crescente acesso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) por parte da população moçambicana.

Na acto, foram apresentadas também as redes sociais Facebook, Twitter, Instagram e outras plataformas digitais que podem ser usadas pelos internautas para interagir com Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA sobre matérias relacionadas com o HIV/SIDA.

703
pt_PT
en_ZA pt_PT
%d bloggers like this: