SENAMI REPATRIA 35 CIDADÃOS ESTRANGEIROS

SENAMI REPATRIA 35 CIDADÃOS ESTRANGEIROS

No cumprimento das actividades de rotina, o Serviço Nacional de Migração-SENAMI repatriou 35 cidadãos estrangeiros, ainda na primeira semana do mês de Junho do corrente mês, contra 09 de igual período do ano passado, o que representa aumento em mais de 100%. Esta informação foi avançada nesta quinta-feira (11) pelo Porta-voz do serviço nacional de migração Celestino Matsinhe.

Matsinhe diz que esta actividade quando comparada à realizada na semana anterior, verificou-se redução em 19%, ou seja, foram repatriados na semana referenciada 43 cidadãos estrangeiros.

A principal causa de repatriamento destes cidadãos estrangeiros foi a Imigração Clandestina e a nacionalidade malawiana destacou-se nesta acção de repatriamento com 21 casos e a zimbabweana com 14 casos”, avançou o Porta-voz.

Matsinhe apontou ainda que a primeira semana de Junho de 2020, o Serviço Nacional de Migração registou redução significativa do movimento migratório global na ordem de 91% quando comparado a igual período do ano anterior, ou seja, neste período foi registado a travessia em todos os Postos de Travessia nacionais em funcionamento, 8.588 viajantes contra 98.147 de igual período do ano de 2019.

O período em análise quando for comparado à semana anterior (23 a 29 de Maio de 2020), verifica-se que houve também redução em 18% do movimento migratório global, pois passaram pelas fronteiras nacionais 10.504 cidadãos entre nacionais e estrangeiros, dos 8.588 viajantes registados no movimento migratório global da semana em análise, 1.233 são nacionais e 3.012 estrangeiros que entraram no território nacional, 1.443 nacionais e 2.900 estrangeiros, estes fizeram o sentido inverso, saíram do País. A principal causa de redução acentuada do movimento migratório global é a implementação das medidas de execução administrativa com vista à prevenção da propagação da pandemia COVID-19”, revelou Matsinhe.

De realçar que, o Serviço Nacional de Migração informa a todos os cidadãos nacionais e estrangeiros que, caso queiram viajar para fora do país por questões de carácter urgente, o pedido deve ser dirigido ao Ministro do Interior, para efeitos de autorização.

422
LEIA  Cerca de 140 cidadãos estrangeiros impedidos de entrar em Moçambique na quadra festiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT
en_GB pt_PT
%d bloggers like this: