Quem foi Virgília Matabele?

Virgília Bernarda Neto Alexandre dos Santos Matabele, uma antiga ministra de Joaquim Chissani, faleceu nesta madrugada em Joanesburgo, vitima de doença prolongada.

Nasceu a 14 de Agosto de 1952, em Mocuba, na província central da Zambézia. De 1985 a 1991 foi chefe do departamento de formação e coordenação internacional na Secretaria de Estado para o Turismo, mais tarde Direcção Nacional do Turismo.

Veja algumas matérias em que ela foi destacada enquanto dirigente.

https://verdade.co.mz/reducao-da-pobreza-absoluta-exige-envolvimento-de-toda-sociedade-matabele/

Foi chefe do departamento de recursos humanos do Ministério do Comércio, de 1991 a 1994, ano em que é eleita deputada da Frelimo. Na AR desempenhou as tarefas de vice-chefe da bancada da Frelimo e foi membro da Comissão de actividades Económicas e Serviços. Foi membro do Comité Central do Partido Frelimo desde o VII Congresso, em 1997. Virgília Matabele foi Ministra da Mulher e Coordenação da Accão Social, de 2000 a 2009.

Virgília Matabele é a Mulher de Capulana a seguir ao saudoso Malangatana Valente Ngoenha
Virgília Matabele é a Mulher de Capulana a seguir ao saudoso Malangatana Valente Ngoenha

Exerceu igualmente os cargos de Deputada e membro da Comissão dos Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos e de Legalidade; Vice PCA do Instituto Nacional do Turismo ( INATUR).

Mais tarde assumiu o cargo de administradora não executiva da Mcel, em substituição de Rosário Mualeia, em virtude da sua renúncia, após ter sido eleito deputado na Assembleia da República. Ela ia completar 70 anos de idade.

1040
Sobre o autor: Redacção do Jornal Visão Moçambique
Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

One thought on “Quem foi Virgília Matabele?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.