Quo vadis Jornal Visão? Moçambique vado iterum crucifigi.

Quo vadis Jornal Visão? Moçambique vado iterum crucifigi.

Ensurdecedor o discurso de que as liberdades de expressão devem ser exercidas de forma inquestionável mas na resposta o dono nos mostra que deve ser ao meu modo.

Algumas edições que libertam quem realmente precisa de informação com rigor:

Aqui vão existir expressões de que alguém com inveja do trabalho do canal sendo também colega de trabalho intentou contra aquele órgão, mas não vamos aceitar a resposta nesses moldes.

Somos assaltados diariamente, reclamamos por nos ameaçarem com porrada, sequestros sem fundamentos, hackeamento dos nossos portais online, destruição de material e tantos outros crimes, porque estamos a dizer aquilo que fazem de errado para acertarem.

Sabe, me lembram aquela criança que quando é chamada atenção diz que não quero falar, estão a me incomodar ou que meu pai ou mãe falam muito. Sabe ainda permanecem aquelas palavras do meu Pai dizendo: “kula nwananga uta swi vhona” ou seja cresça que verás por si meu filho e hoje estou mesmo a ver.

DESTACAMOS TAMBÉM

O homem instrumentalizado, queimou uma redacção, esperança de sua geração e de uma nação por míseros meticais e sei lá movido por que intenções…?!

Preciso dizer em palavras rotuladas de que todos que tentam contra a liberdade de expressão e imprensa, estão a condenar seus filhos e netos a viverem um inferno ou seja a viverem em países onde não podem sair a rua porque não conhecem o caminho de regresso à residência.

A LIBERDADE não deve ser olhada com fúria e sim como um caminho para reparos famintos e famigeradamente provocados por gente inescrupulosa que encontra na desgraça alheia uma alegria que dura 60 minutos pois a seguir é só sofrimento e desgraça. Indivíduos que fazem esse trabalho sujo na sua maioria não conseguem estar perto de suas famílias sem se preocupar se alguém vai os balear ou não.

LIBERDADE deve sempre ser algo que representa a gratidão de qualquer indivíduo por poder realizar o sonho ofuscado pelos políticos quando criaram suas leis para explorarem os demais.

 

Quo vadis Jornal Visão? Moçambique vado iterum crucifigi

(Aonde vais jornal visão? Vou a Moçambique para ser crucificado)

134

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: