Um click para o muno das notícias! » Eleições 2023 - 2024 » Recenseamento Eleitoral: Jornalistas ameaçados por agente da PRM em pleno exercício de suas actividades em Maputo

Recenseamento Eleitoral: Jornalistas ameaçados por agente da PRM em pleno exercício de suas actividades em Maputo

Quatro colaboradores(Jornalistas) da Rádio Comunitária Voz Coop, em Maputo, foram verbalmente agredidos e obrigados a apagar as imagens por uma agente da PRM em Maputo, quando realizavam uma entrevista ao supervisor de um posto de recenseamento.

Os repórteres no exercício normal das suas actividades de observação eleitoral no decurso do recenseamento eleitoral rumo ao escrutínio de Outubro próximo, enquanto entrevistavam o Supervisor, foram interrompidos por uma agente que relatou ser ela detentora da autoridade máxima e que só depois de consultada poderiam fazer qualquer imagem com o supervisor.
Enquanto mantinha a conversa com os repórteres chegou a dizer que tal lei que a dava tais poderes estava na sua posse e que eles poderiam confrontar, ao que a exigiram e aquela inventou desculpas.
A mesma, para ameaçá-los e persuadi-los a apagar as imagens ora captadas pelo telemóvel, terá dito que a arma que carregava não estava na sua posse para brincar com ela, “esta arma, não ando com ela para brincar com a mesma”.
O sucedido ocorreu por volta das 10 horas de hoje 20 de Março no recinto escolar, onde uma agente da polícia da República de Moçambique ameaçou os quatro jornalistas que dirigiam uma entrevista com o supervisor da brigada Arménio Luís sobre como estava decorrendo o processo de recenseamento naquele local.
Segundo contaram os jornalistas, mesmo indignados, preferiram se afastar daquele posto, para evitar com que a situação tomasse outro rumo.
Jornal Visão Moçambique
Author: Jornal Visão Moçambique

Jornal moçambicano que inova na maneira de informar. Notícias de Moçambique e do mundo num toque. Digitalizamos a maneira como a notícia chega ás suas mãos e ao bolso através desta camada jovem que faz Jornalismo Social e Responsável.

Jornal Visão Moçambique. 2024 © Todos os direitos reservados.