Sasol promete criar mais condições para as empresas nacionais no próximo quinquénio

Sasol promete criar mais condições para as empresas nacionais no próximo quinquénio – Numa mesa redonda realizada nesta terça-feira a CTA deu a conhecer as Pequenas e Médias Empresas as oportunidades de negócio existentes nos megaprojetos, onde a Sasol prometeu criar mais condições para as empresas nacionais nos próximos cinco anos.

Segundo o representante da Sasol António Fumo, a empresa promete criar condições para que os gastos com empresas nacionais que são cerca de 40%, possam subir para 70% nos próximos cinco anos. “Nesse momento existem cerca de 1100 empresas nacionais registadas e são aquelas que ao menos já fizeram algum negócio com a Sasol e o plano é que esse número cresça a cada vez mais” disse Fumo.

António Fumo frisou que em termos de oportunidades existentes para as PME,s são várias e que é difícil estimar um número porque elas surgem a medida em que há a necessidade de manter a operação estável e podem aumentar ou diminuir a cada ano.

Ainda na sua intervenção a fonte acrescentou que as PME,s devem ter capacidade de responder as exigências da indústria de oleio e gás, para isso elas têm que ser certificadas, treinando o seu pessoal humano, contabilidade organizada, recursos humanos, sistema de igualdade organizada e acima de tudo saber lidar com a higiene e segurança.

Por outro lado José Nuvunga falando em representação do Vale Moçambique disse que sua empresa está trabalhar no sentido de desenvolver o conteúdo local, tanto que em 2018 obtiveram dos seus fornecedores cerca de 72% de produção local num investimento de 17 milhões de dólares.

O representante da Vale Moçambique, apontou que esta participação num evento desta magnitude é mais para trazer as oportunidades de negócios, falando dos requisitos e o que é necessário para que as empresas se tornem representantes do Vale Moçambique.

 Nuvunga, salientou que em termos de oportunidades contrataram vários serviços e bens, adquirindo diversos materiais desde o simples parafusos até a um camião fora de estrada. Tendo contratado serviços como os de consultorias, ambientais, administrativos, de construção e mecânica.

Entretanto, o vice-presidente da CTA, Khabir Ibraimo apontou que esta é uma iniciativa que constitui um sinal de compromisso de todos que contribuem para a participação das pequenas e médias empresas no processo de prestação de serviços no sector extractivo particularmente na indústria de petróleo, gás e carvão.

Khabir Ibraimo realçou que estes planos irão trazer sem sombra de dúvidas maiores contributos para uma melhor participação do empresariado nesta emergente indústria, com vista alavancar a economia nacional e desenvolvimento das pequenas médias empresas.

641

One thought on “Sasol promete criar mais condições para as empresas nacionais no próximo quinquénio

Comentários desabilitados

Fechar

Capa da Semana

Fresquinha e Quente está a edição número 105

Anuncie aqui – 872007240

PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
PUBLICIDADE E ANÚNCIOS
%d blogueiros gostam disto: