Sector Privado apoia participação de Moçambique no Rally Dakar 2023

Sector Privado apoia participação de Moçambique no Rally Dakar 2023

 

O piloto Moçambicano Paulo Oliveira, volta a Disputar mais uma Prova de Rally Dakar, desta vez em Prova de quatro rodas, contrariamente às moto, com que participou no ano passado, o Rally dakar 2023 vai ser mais longo que a edição passada e passará a contar com 15 etapas contra 12 da última edição. 

Para o efeito, a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), realizou na última quinta-feira (03.11.2022) em Maputo, um jantar de angariação de fundos, cujo valor será para o suporte logístico da participação do Piloto Paulo Oliveira e do seu co-piloto Miguel libert. 

 

Na ocasião o Secretário do Desporto Carlos Gilberto Mendes diz que esta é uma empreitada difícil, com tudo esta dupla vai representar Moçambique dando melhor Forma. 

 

“vai ser do que não, esta aventura e esta prova em que ele vai se envolver e complicada, a pouco tempo houve uma tragédia numa prova similar portanto nao e facil, como sabemos o paulo oliveira naquela ultima partida portanto na prova anterior portanto é uma coisa muito puxada ,  muito dura e a melhor maneira que nós temos primeiro manifestar a nossa gratidão pela representação do país , levar a nossa bandeira para lá e estarmos presentes estarmos a dar força  e acima de tudo acompanhamos a corrida deles e todo percurso que eles vão  ter pela frente “ Disse  Secretário do Desporto Carlos Gilberto Mendes 

 

No Contexto Paulo Oliveira diz que a presença está garantida embora seja um pouco difícil comparando com a prova do ano passado. “`bem a presença está garantida neste momento, falta chegarmos a arabia saudita e começamos a disputar aquelas 15 etapas, para que que vai ser um pouco mais difícil em relação ao ano passado, a organização já veio anunciar que são mais de 1500 quilômetros (km) em relação ao ano passado, portanto vai totalizar 10.000 quilômetros (km) nas áreas e nas dunas, e nós estamos preparados “ disse.

 

O co-piloto Miguel Libert Refere que esta é a maior prova e supera a expectativa dos participantes. “desta vez a prova é muito grande é, a prova maior do mundo do desporto automóvel de todo terreno e estarei dentro do veículo a acompanhar o paulo  num desafio que supera toda a nossa expectativa, enquanto esperança, e neste caso espero que nao seja a ultima  a morrer porque se morrer nós morreremos com ela, mas a esperança é enorme“ Realçou co-piloto Miguel Libert. 

O evento contou com o Sector Privado que apoia a iniciativa. “ em primeiro lugar reforçar aqui que o desporto e o sinónimo de  de desenvolvimento, e a cotur tem tentado de alguma forma de acarinhar todas estas iniciativas, que visam promover e divulgar a imagem de moçambique além-fronteiras“ Afirmo Presidente da Cotur Muhammed Abdulah. 

Presidente da Cotur Muhammed Abdulah
Presidente da Cotur Muhammed Abdulah

E o Regresso de Paulo Oliveira as areias do Rally Dakar depois de uma participação bem conseguida na Edição Passada. do entanto estão os patrocinadores,Cotur,CTA,Access Bank, Help Service,Grupo Lin,Txilar,Moza Banco,Cine Group,BVM,sports tour entre outros. 

341
Compartilhar isso

Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.