Senadores Republicanos tranquilizam Trump sobre fim do impeachment

Senadores Republicanos tranquilizam Trump sobre fim do impeachment

O líder da bancada dos senadores Republicanos, Mitch McConnell, tranquilizou esta quinta-feira o presidente Donald Trump e os seus apoiantes sobre o desfecho do processo de destituição, dizendo que “é para momentos como estes que existe o Senado”.

Mitch McConnell, disse esta quinta-feira que o processo de ‘impeachment’ aprovado quinta-feira à noite (1.40 horas desta quinta-feira em Portugal continental), na Câmara de Representantes, em Washington, “corre o risco de danificar profundamente as instituições” norte-americanas, considerando-o “injusto”.

O líder do Senado acusou a sua homóloga Democrata da Câmara dos Representantes de estar com medo de enviar “o produto do seu trabalho desleixado”, para julgamento na câmara alta do Congresso, numa referência às dúvidas enunciadas por Nancy Pelosi, na quarta-feira, sobre se os artigos de destituição deveriam mesmo ser levados a julgamento político.

Trump também já tinha reagido a essa indecisão de Pelosi, dizendo na sua conta pessoal da rede social Twitter que “o partido dos Democratas que não fazem nada, nada querem fazer com os artigos, nem sequer os querendo entregar no Senado”.

A Câmara de Representantes aprovou dois artigos de destituição que acusam o presidente de abuso de poder e de obstrução do Congresso, alegando pressão sobre a Ucrânia para anunciar investigações a Joe Biden, rival político de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2020.

McConnell disse que os dois artigos não cumprem o padrão constitucional para justificar uma condenação do presidente por “crimes graves”, dizendo que o processo foi “o inquérito de ‘impeachment’ mais apressado, menos completo e mais injusto da história moderna” dos EUA.

“Os pais fundadores criaram o Senado para proporcionar estabilidade (…), para impedir paixões partidárias”, disse McConnell, acrescentando que “é para momentos como este que existe” a câmara alta do Congresso.

Esta declaração vem reforçar a ideia de que o julgamento político no Senado dos artigos de destituição estará condenado ao insucesso, perante a maioria Republicana e perante a unidade do partido que apoia Trump na rejeição do processo de ‘impeachment’.

McConnell reuniu esta quinta-feira com o líder Democrata no Senado, Chuck Schumer, para iniciar as negociações sobre a forma de condução do julgamento político do Presidente, que se iniciará em janeiro próximo.

 

478

Propriedade de Edições do Jornal Visão, Registado na República de Moçambique em Dezembro de 2016 no Gabinete de Informação, Instituição de Tutela sobre o sector da comunicações e radiodifusão com procedimentos dos ministérios da Justiça, Interior, Comércio e Indústria e dos Transportes e Comunicações. Publicações Semanais por PDF e diárias através do Website www.jornalvisaomoz.com. Notícias de Moçambique e do mundo na hora certa, com factos e argumentos fiáveis e credíveis.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para bater um papo no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para admin@jornalvisaomoz.com

× DENUNCIE SEM MEDO AGORA!
%d bloggers like this: